Filmes Xamânicos

Aqui uma sugestão de filmes que tratam de temas  do xamanismo universal e que despertam uma Nova Consciência   AYAHUASCA – EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA De Fausto Noro Ayahuasca, Expansão da Consciência conta a história do Chá Ayahuasca, através da experiência do documentarista Fausto Noro, pequisando o uso xamânico da Ayahuasca entre os Indios Yawanawás e a Jornada Xamânica Voo da Águia e o uso religioso no Céu da Lua Cheia – Santo Daime O documentário

Ler mais

Rituais de passagem para tempos natalinos

Por Carminha Levy Nem todas as pessoas associam os festejos natalinos aos rituais. A enorme energia, que é liberada nesta época, daria para iniciar um processo de Cura e Paz na Terra, que teria o efeito em cascata igual ao do Centésimo Macaco  caso a Humanidade tivesse consciência, do que ocorre a nível sutil. Os rituais fazem parte de um conhecimento pré-histórica, quando os primeiros xamãs descobriram que a forma de contatar os deuses seria

Ler mais

Entrevista – Yatamalo

Entrevista feita em 2008 Psicóloga, Poetisa e Xamã. Iniciou seus Estudos Xamânicos com as Obras do antropólogo norte-americano Carlos Castañeda. Nos últimos dez anos estudou com vários Xamãs estrangeiros e brasileiros, incluindo o PAJÉ SAPAIM que a reconheceu como YATAMALO (Mulher de Cura). Fez parte da Formação Holística de Base, Turma VI na UNIPAZ  (UNIVERSIDADE HOLÍSTICA DA PAZ)  Brasília e da Equipe de Saúde.Participou da Formação de Facilitadores em XAMANISMO MATRICIAL (compondo a Coordenação) também

Ler mais

Entrevistas – Chris Artese

CHRIS ARTÉSE – UMA FADA MODERNA Entrevista feita ano 2000 Socióloga, terapeuta floral, mãe, ativista social a canceriana Christiane Gasparini Costa tem muitas facetas, que, juntas, formam a identidade de uma mulher forte e determinada, verdadeira materialização da energia da Mãe Terra. Chris – é assim que ela gosta de ser chamada – sempre esteve voltada para as questões sociais e para a busca do bem-estar coletivo. Logo que terminou sua graduação na USP, por

Ler mais

Entrevistas – Pai Jamil Rachid

No início dos anos 70, quando eu tinha 16 anos, conheci o Pai Jamil Rachid. Na época acompanhava meu pai, o médium de Umbanda Léo A. Artése, meu padrinho Cidão de Xangô e meu tio, o cambono Wanderlei Botossi;  nas gravações do primeiro programa de Umbanda da TV Brasileira: Umbanda no Universo  TV Gazeta. Trinta e cinco anos após, aproveitando o ano que será celebrado o Centenário da Umbanda fui com Cidão de Xangô e

Ler mais