O Altar

  Para montar um altar xamânico, sugiro o que segue abaixo, mas a montagem de um altar é para mim um ponto de poder, os símbolos devem ter sentido para você, senão seria mera superstição. *Altar com  Roda Medicinal (Montada no ESPAÇO)*   Utilizando o conceito das quatro direções, segue abaixo uma sugestão, onde você poderá  adicionar  seus objetos de poder : Posicione (adaptado ao Hemisfério Sul) do seu altar ( seja qual for a

Ler mais

Datura

Datura é um nome genérico que abrange várias espécies. A mais conhecida é a *Datura Stramonium*. No Brasil é conhecida como Trombeteira, Lírio. No Perú é também conhecida como Floripôndio ou Tóe. É utilizada desde a antiguidade, citada até na obra de Homero “Odisséia” . Conta que Ulisses chegou à ilha habitada pela ninfa Circe, esta deu de beber à tripulação uma poção, para que os marujos pudessem esquecer de sua terra natal. Na Idade

Ler mais

Jurema Rainha

  A Recriação Contemporânea de um Mito Dentre os estudos da antropologia brasileira, a Jurema ocupa um lugar singular. O próprio termo comporta denotações múltiplas, que são associadas em um simbolismo complexo. Além do sentido botânico (1), a palavra Jurema designa ainda pelos menos três outros significados: Preparado líquido à base de elementos do vegetal, de uso medicinal ou místico, externo e interno, como a bebida sagrada, “vinho da Jurema”; cerimônia mágico-religiosa, liderada por pajés,

Ler mais

Jurema – Atikum

A JUREMA NO “REGIME DE ÍNDIO”: O CASO ATIKUM *Rodrigo de Azeredo Grünewald* (1) 1. Introdução Escrever sobre a jurema é, para mim, um esforço de concentração de elementos dispersos de pesquisa para a composição de um texto evocativo de interpretações relacionadas aos usos sociais de uma planta, principalmente entre a Comunidade Indígena de Atikum-Umã. Vale entretanto, e antes de situar a jurema na Serra do Umã (sertão pernambucano), apontar algumas questões mais gerais que

Ler mais

Jurema

A “Jurema Negra” ( Mimosa Tenuiflora ), é também conhecida como Espinheiro Preto. É uma árvore muito conhecida no nordeste brasileiro~. São utilizadas a casca e a raiz macerada na água, vinho ou cachaça. É desta planta que se origina o famoso “Vinho da Jurema”, citado até na obra “Iracema”, de José de Alencar : “Através da planta, os guerreiros de Araquem entravam em comunicação com o mundo invisível” É usada nos rituais do Catimbó

Ler mais

Jurema entre os índios do nordeste

É a partir do momento que os grupos indígenas da região referida pelos etnólogos como nordeste etnográfico começam a ser pesquisados de forma sistemática (a partir da década de 80 deste século), que um debate sobre a jurema se viabiliza inclusive com tentativas de generalizações.  Entre Pernambuco e Bahia, passando por Alagoas e Sergipe, encontramos recentemente algumas descrições de rituais indígenas que parecem integrados no chamado complexo da jurema (10). Diferente da imagem da Cabocla

Ler mais

ABC da Farinha de Coca

  INSTITUTO DE CULTURA ALIMENTARIA ANDINA  INCAA O  ABC da Farinha de COCA JAVIER TRIGO PESAQUE campos_devida@yahoo.es Membro fundador da ASOCIACIÓN PERUANA DE LA HOJA DE COCA  APEHCOCA PORQUE é boa para a saúde ? A folha de coca é um alimento muito completo, altamente assimilável e com propriedades medicinais muito especiais. Destaca-se sua grande quantidade de cálcio (mais de 2.000 mg. frente a 120 mg. de leite), Vitamina A, Complexo B (incluí B12), zinco,

Ler mais

Coca – Fórum Internacional

Fórum Internacional da Folha de Coca “Uma semana de Paz com a Coca” Lima-Peru 4 a 8 de Abril de 2005 Este documento vem circulando com o objetivo de juntar um máximo de assinaturas, para apoiar a reforma das leis nacionais e internacionais. Os abaixo assinados, representantes de Argentina, Bolívia, Colômbia, Equador e Peru, na qualidade de expositores e participantes do FIHC, subscrevemos o presente pronunciamento: Como resultado do FÓRUM INTERNACIONAL DA FOLHA DE COCA

Ler mais

Coca – Valor Nutricional

O PROIBICIONISMO E AS FOLHAS DE COCA É muito desafiante a luta contra o proibicionismo, porque a sociedade, de uma maneira geral, acredita em tudo o que escuta e que lê. Até algumas pessoas, (não as que são do xamanismo), aproveitam as leis proibicionistas vigentes, para assombrar leitores e confundir as plantas sagradas com drogas, numa busca de se auto-afirmarem como mestres, seres iluminados, que vieram para fazer justiça e livrar a humanidade dos perigos.

Ler mais

Coca

Quero compartilhar um pouco do que aprendi com esta planta fabulosa a Erythroxylon Coca – La Cocamama. Não pode ser confundida com a droga cocaína. No Peru ela é considerada a síntese das Plantas de Poder. Suas folhas até hoje são utilizadas para leitura de um oráculo, por aqueles que tem esse conhecimento. Tanto no Peru, como na Bolívia ( Ipadu) ela tem até hoje uma grande importância como chá, para dores de estômago, cólicas,

Ler mais

Canal Druidismo

  Desmistificando Celtas e Druidas   O objetivo deste artigo é relacionar e esclarecer algumas afirmações infundadas que têm sido difundidas erroneamente sobre os celtas e os druidas. Com o crescente interesse que essa cultura vem despertando nos dias de hoje, vemos inúmeros livros sobre neo-paganismo, como também artigos em revistas e sites na internet, citando os celtas e os druidas. Os autores de alguns desses livros e artigos certamente não tiveram adequada assessoria ou

Ler mais

7. Tapa Wanka Yap

Tapa Wanka Yap O LANÇAMENTO DA BOLA Livro: Black Elk Speaks Até estes últimos tempos se praticava entre nós um jogo de bola com quatro equipes e quatro metas situadas nas quatro Regiões. Hoje em dia muito poucos dos nossos compreendem por que este jogo é sagrado ou que era na origem, em um passado distante, quando não era um simples jogo, e sim um de nossos ritos mais importantes. Hoje vou a descrever este rito;

Ler mais

6. Ishna Ta Awi Cha Lowan

Ishna Ta Awi Cha Lowan PREPARAÇÃO DA MOÇA PARA OS DEVERES DE MULHER Livro: Black Elk Speaks Os ritos de preparação da menina – ishna ta awi cha lowan, se realizam depois do primeiro período menstrual; neste momento a moça se converte em mulher; deve compreender o significado desta mudança e deverá ser instruída nas obrigações que deverá cumprir a partir de então. É necessário que se dê conta de que a mudança produzida nela é

Ler mais

5. Hunkapi

Hunkapi – Ritual do PARENTESCO Livro – Black Elk Speaks   No ritual do parentesco; hunkapi; estabelecemos um vínculo que reflete no plano terreno o parentesco real que nunca deixou de existir entre o homem e o Grande Espírito. Visto amarmos a Wakan Tanka em primeiro lugar, e mais que a nenhuma outra coisa, devemos amar também a nosso próximo e reforçar os laços que podem nos unir, ainda no caso em que pertençam a outras tribos. Realizando este

Ler mais

4 -Wywanyag Wachipi

Wiwanyag Wachipi – A DANÇA DO SOL Livro: Blsck Elk Speaks A «dança que olha o sol» – wiwanyag wachipi – é um de nossos maiores rituais e foi instituído muitos invernos depois que nosso povo recebeu o Chanumpa da Mulher Bisão Branco. É realizado todos os anos durante a lua da engorda (junho) ou a lua das cerejas que enegrecem (julho), sempre na lua cheia, porque o crescimento e a diminuição da lua nos

Ler mais

3 – Hamblecheyapi

  Hanblecheyapi IMPLORADO UMA VISÃO – BUSCA DA VISÃO Livro:Black Elk     Implorar por uma visão hanblecheyapi , igualmente aos ritos de purificação da inipi, já era praticada muito antes do Chanumpa chegar à terra. Este tipo de reza é muito importante; é, de certo modo, o centro de nossa religião e graças a ele temos recebido muitos favores, tais como estes quatro grandes ritos: a dança do sol, o parentesco, a preparação da

Ler mais

2 – Inipi

  INIPI – O RITUAL DE PURIFICAÇÃO     O ritual do onikaghe a tenda de suar dele participam todos os Poderes do Universo: a Terra e tudo o que nasce dela; a água, o fogo e o ar. A água representa aos Seres do Trovão, que aparecem de uma maneira terrível mas trazem benefícios: porque o vapor que sai dos penhascos onde estão os fogos é pavoroso, mas nos purificam e nos permitem assim

Ler mais