O Mestre Conselheiro – Pad. Luiz Mendes

No dia 29 de junho de 2019, nosso querido Mestre Conselheiro Luiz Mendes no Nascimento, seguiu na viagem de sua alma. Deixamos aqui nossa singela homenagem a esse “ícone” tão importante de nossa Doutrina. Querido por todos os que o conheceram. Particularmente tive um contado de vários meses bem próximo a ele nos anos 90, quando era dirigente da Igreja estrela Guia, hospedado na casa de nossa irmã Nancy e a felicidade de compartilhar sua

Ler mais

São Pedro – A Chave

São Pedro Apóstolo , nome original Simeão ou Simão , (falecido em 64 dC , Roma [Itália]), discípulo de Jesus Cristo , reconhecido na igreja cristã primitiva como o líder dos 12 discípulos e pela Igreja Católica Romana como o primeiro de sua sucessão ininterrupta de papas . Pedro, um pescador judeu, foi chamado para ser um discípulo de Jesus no início do seu ministério. Ele recebeu de Jesus o nome Cefas (do aramaico Kepa

Ler mais

São João – O Batista

Meditando no Dia de São João, fui reler um livro que ganhei da minha querida Monica Buonfiglio (êta mulher forte !) “Jesus – Palavras de Fogo”onde pode-se notar semelhanças com práticas xamânicas: “João Batista era filho de Isabel e do Sacerdote Zacarias sendo “Yonahon” seu nome original, que significa “Javé o Abençoou”. Desprovido de posses, João era chamado pelo povo de “O Solitário”, por passar muito tempo em recolhimento no deserto e em locais hostís,

Ler mais

Santo Antonio

Santo Antônio é conhecido como santo casamenteiro. Sua imagem  é sempre representada carregando o Menino Jesus nos braços. Os caboclos sabem que é também um “Santo Curador”. Nós poderíamos dizer até um “Grande Xamã”. Nas antigas tradições das festas juninas, diz-se que em Santo Antônio a fogueira tem o formato de um quadrado. Antônio de Pádua, seu nome original era Fernando Martins de Bulhões (nascido em 1195, Lisboa, Portugal – falecido em 13 de junho

Ler mais

Movimento Semeadores Da Natureza

Somos um “microcosmo” Somos parte de “algo maior”. Somos filho da Terra. Partes de uma “Terra Viva.” Inspiração e Motivação De agosto de 2017 a julho de 2018, foram destruídos quase 8 mil km² de vegetação, ou seja, cerca de 1,18 bilhão de árvores foram derrubadas!!! Essa área é equivalente a 987.500 mil campos de futebol ou 5,2 cidades de São Paulo. O desmatamento nas áreas protegidas da Amazônia avançou. Nas duas primeiras semanas de maio de 2019, a

Ler mais