Léo Artese – Apresentação

 

Criei este Portal na intenção de mostrar de que forma as práticas ancestrais, alinhadas aos conhecimentos atuais, fornecem ferramentas para irmos na direção do bem estar em nossas vidas, para que possamos atravessar com mais consciência, entendimento, força e coragem os desafios que a vida vai nos trazendo.

Nosso contato aqui será de  forma virtual, mas não deixa de ser espiritual. Eu estou falando daquela parte de dentro você que “busca”. E isso é “Sagrado” para mim .

Fico feliz em poder compartilhar de caminhos pelos quais eu sigo,e que dão sentido à minha vida. Quero deixar claro que não represento nenhuma tradição, meu voo no xamanismo é uma busca pessoal. As jornadas e vivências Voo da Águia, assim como na forma de como interpreto o xamanismo, são resultado de muitos anos de pesquisa, iniciações e aplicação de conhecimentos espirituais na condução de ritos e cerimônias.

No xamanismo busco minha verdade na Criação Divina, o mapa do caminho está escrito em cada vegetal, nas mudanças de estação, nas portas de cada direção cardeal, no movimento dos ventos, nos hábitos e talentos de cada animal, nas gravações de cada pedra, com a iluminação e o calor do Sol, nas fases da Lua , nas trilhas das estrelas. Harmonizar com a Criação, para poder alcançar o Criador.

Você está tendo acesso, a um conhecimento que transformou minha vida. E tenho visto também transformar a vida de muitos. Reflita se é isso que vem buscar, pois poderá transformar a sua também.

Considero-me um “Bom Companheiro de Viagem”. Sou acima de tudo um homem apaixonado: pela vida, pela natureza, pelas pessoas e por esse “Caminho do Amor,  que é o “Xamanismo Universal

Nesse caminho tive muitas paragens, minha mãe era benzedeira e meu pai era médium. Assim, desde criança participava de cerimônias espirituais. Aos 11 anos tinha muitos sonhos iniciáticos e visões. Tive a minha iniciação espiritual quando criança com meu padrinho de batismo, Cid Toledo, (o Cidão de Xangô) um “mestre” que o Criador pôs em meu caminho.

Com o passar dos anos passei por diversas linhas. Pelo estudo de escolas iniciáticas, artes marciais, oráculos, acupuntura e massagem, terapia corporal, yoga, ervas medicinais, aromaterapia etc, até chegar ao “Xamanismo”.

No reencontro com o Sagrado podemos “Caminhar na Beleza”. Aprendi com a sabedoria dos nativos norte-americanos  a Roda Medicinal,  a  compartilhar o Cachimbo Sagrado, a Tenda do Suor com a instrução de Standing Coiote, homem-medicina iniciado na Reserva de Rosebud.  O meu primeiro encontro com “Pai Peiote” foi em 1998, em Boston-EUA, com  Melvin, um índio Navajo, da Native American Church ( Igreja Nativa Americana, que utiliza o peiote como sacramento ) . Pai Peiote é uma grande fonte de conhecimento. Minha primeira Tenda do Suor  foi realizada em 1993 em Riachinho – Chapada Diamantina com a Mulher Medicina Donna Talking Leaves – Também tive a felicidade de poder compartilhar da “Inipi – Tenda Sagrada com Wallace Black Elk – Lakota

No Perú destaco a amizade com o xamã Mateo Arevolo, da comunidade Shipibo de San Francisco de Pucalpa, que realiza sessões de Ayahuasca. Também amigo Agustin, curandeiro e estudioso do cacto San Pedro (Wachuma), que organiza grupos de viagem Brasil-Peru para experiências xamânicas em Cuzco, Machu Pichu e na floresta peruana.

Através do estudo das “Plantas de Poder”, cheguei ao  Centro Eclético Fluente Luz Universal – Santo Daime (Doutrina Xamânica Brasileira), pelas portas da “Comunidade Céu da Montanha” – Mauá- RJ, dirigida na época pelo Padrinho Alex Polari. Atualmente dirijo os rituais do Céu da Lua Cheia em Itapecerica da Serra – SP.

Criei o “Movimento Xamânico Universal” em 1990. Levanto a bandeira do “Xamanismo Universal”, onde são possíveis as alianças espirituais entre os diversos sistemas de crenças. É baseado no conhecimento da Roda Medicinal dos nativos norte-americanos, nos Ritos de Passagem das Estações do Calendário Sagrado e Pajelança, adaptados para a vida contemporânea.  O entendimento de que “Tudo é Sagrado”, permite-nos à unificação na corrente universal da beleza, da paz, do amor incondicional, da saúde do corpo e da mente. A premissa básica é o reconhecimento que todos fazemos parte da Família Universal e tudo está interligado. O praticante compreende o Espírito Essencial que está dentro dele mesmo, na natureza e em todos os seres.

Apresento esse conteúdo na forma de cursos, workshops, cerimonias, formações de multiplicadores, jornadas, ritos. É um trabalho que desenvolvo desde 1992 e o mais conhecido de todos são as Jornadas Xamânicas Voo da Águia.

Em 2010 iniciamos o Movimento : Xamanismo Sem Fronteiras. Temos atendido convites que nos chegam de outros países (Europa incluindo o Leste Europeu, América do Norte (Canadá, EUA incluindo Hawaii, Caribe, América do Sul. Tem por finalidade a união das entidades e pessoas que adotam como base comum a filosofia, a teoria das práticas xamânicas universais, sem excluir as contribuições decorrentes de novos estudos e pesquisas e a sua aplicação nos diversos campos do conhecimento humano.

Em 2016 criamos uma Aliança Internacional de Xamanismo Universal, a IAUSH (International Aliance Of The Universal Shamanism) . É uma organização sem fins lucrativos, de direito privado, de caráter espiritual, científica e cultural dedicada à preservação, desenvolvimento, estudos, disseminação de práticas xamânicas.  A IAUSH tem o  desafio de resgatar o conhecimento acumulado das práticas xamânicas das diversas tradições do planeta, para os dias atuais. Entendemos que o conhecimento medicinal ancestral e a chamada “ Medicina Alternativa” ou “Medicina Complementar”, pela nossa sociedade atual, têm muito a somar com a Medicina Acadêmica. Assim pretendemos contribuir, para a saúde, autoconhecimento e o bem-estar geral do nosso povo, assim como resgatar valores para uma vida mais harmônica e ecologicamente correta.

A IAUSH tem a visão que terá o papel histórico de tecer uma rede internacional de trabalho entre os condutores de práticas xamânicas, facilitando o contato entre as comunidades, condutores e praticantes de várias partes do mundo, promovendo: retiros, cerimonias, cursos, congressos, simpósios, conferências, mesas, seminários, feiras, encontros, cooperativas, etc., assim como apoio a movimentos ambientais, indígenas, e outros afins.

Atualmente sou diretor do ‘ESPAÇO- A KIVA URBABA e fundador do Centro de Estudos de Xamanismo Vôo da Águia, compartilhando cerimônias xamânicas pelas quais fui iniciado, com oficinas de trabalho, grupos de estudos , jornadas,  na mídia, como criador da Comunidade e Xamanismo no facebook : https://www.facebook.com/xamanismo.com.br/ . O Centro também  forma Multiplicadores da Roda de Estudos de Xamanismo Voo da Águia, uma metodologia que desenvolvi à partir de 1992, para estudar o xamanismo universal e praticar no dia-a-dia. Esses multiplicadores formam seus próprios grupos de estudo e atuam como facilitadores do processo. Atualmente temos multiplicadores da metodologia no Brasil em vários paises.

Escreví os livros : “O Vôo da Águia” Uma iniciação aos mistérios e Magia do Xamanismo e “O Espírito Animal“, ambos publicados pela Editora Roca.

Em 2005 , idealizei a O Primeiro Encontro Brasileiro de Xamanismo  (EBX) e depois de 13 anos retornamos com o Segundo Encontro que agora passa ser parte do Calendário de Atividades de Xamanismo no Brasil.

Em 2017 idealizei com o Céu da Lua Cheia e um grupo de irmãos do caminho,  o movimento musical, VMX – Virada Musical Xamânica, que como um rio, está criando afluentes na Europa e Estados Unidos. A Virada Musical Xamânica é um festival de canções de medicina. Ela marca um ”ponto de encontro”, uma hora de poder, entre os praticantes de xamanismo. Permite uma “FOLIA SAGRADA” , os participantes cantam e dançam canções de poder por duas noites seguidas, até o amanhecer do dia, a programação vai mesclando cantores e bandas já consagradas com novos talentos.  Saiba mais no site www.viradamusicalxamanica.com.br

Em julho de 2018, realizamos, com nosso organizador Pedro Garcia, pela primeira vez na Europa, a Velada Musical Chamânica em Madrid e provavelmente em 2019, a Shamanic Musical Vigil, na Califórnia, as versões estrangeiras da Virada Musical Xamânica (VMX) que iniciamos em Itapecerica da Serra – SP , no Sítio Lua Cheia.

No xamanismo busco minha verdade na Criação Divina, o mapa do caminho está escrito em cada vegetal, nas mudanças de estação, nas portas de cada direção cardeal, no movimento dos ventos, nos hábitos e talentos de cada animal, nas gravações de cada pedra, com a iluminação e o calor do Sol, nas fases da Lua , nas trilhas das estrelas. Harmonizar com a Criação, para poder alcançar o Criador.

Parto da crença que o verdadeiro poder está dentro de cada um de nós. Ele provém do desenvolvimento de nossos próprios dons. Pode ser chamado de Eu Superior, Cristo Interno, Kundalini, Poder Mental, etc.O mais importante é reconhecer a Centelha Divina que cada um de nós possui por herança natural e saber como acessá-la.

Entendo que qualquer que seja o caminho espiritual escolhido, é preciso confiar, ter fé, entregar-se para poder integrar-se. Acredito que reconhecimento do Caminho da Verdade vem da expansão de nossa consciência, de nossas experiências pessoais, de nossos relacionamentos.

Levanto a bandeira do “Xamanismo Universal”, onde são possíveis as alianças espirituais  entre os diversos sistemas de crenças. Valorizo e honro tudo o que aprendi nas diversas linhas, e as uno, numa única linguagem de amor universal Um “novo xamanismo” adaptado para os dias atuais.

O entendimento de que “Tudo é Sagrado”, permite-nos à unificação na corrente universal da beleza, da paz, do amor incondicional, da saúde do corpo e da mente.

A magia está dentro de nós mesmos. Só a busca interior, nos faz entender os processos que retardam a nossa caminhada, para que possamos efetuar as transformações necessárias para seguirmos no “Caminho da Beleza”

Muito mais importante que as práticas, é viver em ritual. Ter consciência de tudo o que empreendemos. É necessário termos a certeza que todos os passos que damos é em direção ao amor, para a humanidade e para toda a criação.

POR TODAS AS NOSSAS RELAÇÕES

LÉO ARTESE

Compartilhe: