As mulheres falam demais…

Por Mirella Faur Fazendo uma retrospectiva histórica e mitológica do papel da mulher ao longo dos tempos, constatamos seu papel milenar como mediadora entre os planos divino e humano. Desde os primórdios da humanidade, coube às mulheres a responsabilidade de perceber os avisos, os sinais e as manifestações sobrenaturais e transmiti-los à comunidade. Durante os 35 mil anos em que Deus foi mulher, as mulheres – as representantes da Deusa na Terra – foram respeitadas

Ler mais

A Mulher Tartaruga

   A Mulher que se transformou em Tartaruga terrestre Em tempos muito antigos não havia tartaruga terrestre. Mas eis que então, ela surgiu… Foi uma índia Caiapó que foi transformada em tartaruga terrestre. A lenda nos conta que aconteceu assim… Um marido, possesso de ciúmes, arranjou um fruto venenoso, mediante o qual, por vingança, transformou a esposa em tartaruga terrestre. Esta pertencia a dois homens, ao marido e ao amante. A infiel fugiu com o

Ler mais

Deusas Devoradoras

Rosane Volpatto AS DEUSAS DEVORADORAS DAS AMÉRICAS As culturas americanas desenvolveram-se de uma forma totalmente independente do mundo antigo. As notáveis correspondências entre os simbolismos dos dois mundos fundam-se em alicerces arquetípicos. No México, a mitologia solar foi dominante, enquanto que a mitologia lunar permaneceu nas culturas costeiras ao longo do litoral da América do Sul, principalmente no Peru. Aqui o Grande Feminino é considerado a “mulher da lua”, “a esposa do mar” e o

Ler mais

O Poder da Madona Negra

  Este trabalho começa com um sonho. Um GRANDE SONHO que o Xamã da tribo deve contar a seu povo. Há 10 anos, em 1981, após minha iniciação xamânica com Michael Harner em Esalen, Califórnia, passei por um sério problema de saúde ao chegar ao Brasil. Tive um acidente vascular cerebral, um aneurisma, e enfrentei a morte e o desmembramento numa real concretização da iniciação xamânica. Minha vida esteve por um fio, e quando entrei

Ler mais

As Deusas Sujas

As Deusas Sujas   (Mulheres que correm com os Lobos) Há um ser que vive no subterrâneo selvagem das naturezas das mulheres. Essa criatura faz parte da nossa natureza sensorial e, como qualquer animal completo, possui seus próprios ciclos naturais e nutritivos. Esse ser é curioso, gregário, transbordante de energia em certas horas, submisso em outras. Ele é sensível a estímulos que envolvam os sentidos: a música, o movimento, o alimento, a bebida, a paz, o

Ler mais