A MULHER MUTANTE, SENHORA DA ESPERANÇA

Estsanatlehi – Deusa dos Navajos Por Rosane Volpatto Os navajos viveram séculos na área de Four Corners (Quatro Cantos), nos estados do Arizona, Utah, Novo México e Colorado. Esses indivíduos , que chamavam a si mesmos de, são conhecidos por seus tapetes coloridos, suas exóticas pinturas na área, seus poderosos cerimoniais, sua joalheria impressionante e sua capacidade de incorporar  o velho ao novo. A Mulher Mutante é a mais abençoada, reverenciada e benevolente pessoa sagrada

Ler mais

Poder do Sangue

Pesquisa: Léo Artese Os rituais de sangue permitiam uma comunhão com forças mais profundas da vida. Houve uma época na humanidade onde homens e virgens eram sacrificados para aplacarem a ira dos deuses. Os antigos profetas imolavam carneiros para Deus. Vestígios dessa época ainda podem ser encontrados em alguns cultos afros onde sacrificam animais e aves. Existiam cerimônias e pactos que eram feitos com sangue. Alguns nativos cortavam suas mãos e enconstavam os ferimentos uns

Ler mais

A História das Treze Matriarcas

Mirella Faur Ao longo dos tempos, entre os Kiowas, Cherokee, Iroquois, Seneca e em várias outras tribos nativas norte-americanas, as anciãs contavam e ensinavam, nos “Conselhos de Mulheres” e nas “Tendas Lunares”, as tradições herdadas de suas antepassadas. Dentre várias dessas lendas e histórias, sobressai a lendas das “Treze Mães das Tribos Originais”, representando os princípios da energia feminina manifestados nos aspectos da Mãe Terra e da Vovó Lua. Neste momento de profundas transformações humanas

Ler mais

A LUA E A MENSTRUAÇÃO

Por Rosane Volpatto A cada 28 dias a Lua completa seu ciclo de crescente a minguante. A Lua Nova marca a primeira iluminação e um fiapo fica visível no céu noturno. A Lua então cresce até o primeiro quarto, quando se pode visualizar a metade de seu disco. Continua a crescer e completa-se até atingir a Lua Cheia. Neste ponto, começa a diminuir de tamanho até o terceiro quarto, quando novamente só se vê a

Ler mais

Na Tenda Da Lua

Na Jornada de Transformação, que fazemos para celebrar o Calendário Sagrado, as mulheres recolhidas na Tenda-da Lua fazem as preces abaixo : Eu sou mulher que dá a nutrição para assegurar a vida deste planeta. Com meu poder do meu tempo-da-lua, meu sangue, com meu poder do nascimento. Com meu sangue, eu alimento a terra que nos alimenta a todos. S empre me recordo.  Eu sou mulher. Eu sou terra. Eu sou vida. Eu sou

Ler mais

ARQUÉTIPOS FEMININOS ANDINOS

Por Rosane Volpatto Olá Leo! Mil vivas! O nosso mundo precisa de mais homens como você. A maior dificuldade hoje está no fato do homem não reconhecer a mulher na sua originalidade e em suas diferenças. A maioria deles identifica a mulher com a “mãe”, imagem imaginária de ideal de mulher. E, enquanto a mulher aceitar desempenhar este tipo de papel, tudo anda bem, pois um relacionamento mãe-filho, tem menos possibilidade de acarretar problemas. Mas,

Ler mais

Mulheres Lakotas

O xamã lakota Archie Fire Lame Deer, afirma que em seu povo nada é mais respeitado, colocado em mais alta posição, que uma mulher.Aqueles que seguem a linha da cura também são educados por suas avós. As avós falam de Isnat Winyan, a mulher que vive só. É o momento da menstruação , o tempo da Luz, que dura em média quatro dias. Então, a mulher menstruada era conduzida a uma cabana especial, Isnatipi, onde

Ler mais

MULHER XAMÃ

Contribuição: Marilia Torres Azevedo Tal como o Homem Xamã também a Mulher Xamã tem um papel importante na sua sociedade Os países onde o Xamanismo Feminino tem mais afluência é na Índia, Taiwan, e em certas tribos da Amazônia. O Xamanismo feiticeiro e feminista, que é a antíteses ao verdadeiro Xamanismo mágico com as suas Sacerdotisas do Fogo.  Estas utilização das Plantas Sagradas e toda a magia Xamanica. A Natureza é muito sábia, dentro de

Ler mais