As mulheres falam demais…

Por Mirella Faur Fazendo uma retrospectiva histórica e mitológica do papel da mulher ao longo dos tempos, constatamos seu papel milenar como mediadora entre os planos divino e humano. Desde os primórdios da humanidade, coube às mulheres a responsabilidade de perceber os avisos, os sinais e as manifestações sobrenaturais e transmiti-los à comunidade. Durante os 35 mil anos em que Deus foi mulher, as mulheres – as representantes da Deusa na Terra – foram respeitadas

Ler mais

Deusas Devoradoras

Rosane Volpatto AS DEUSAS DEVORADORAS DAS AMÉRICAS As culturas americanas desenvolveram-se de uma forma totalmente independente do mundo antigo. As notáveis correspondências entre os simbolismos dos dois mundos fundam-se em alicerces arquetípicos. No México, a mitologia solar foi dominante, enquanto que a mitologia lunar permaneceu nas culturas costeiras ao longo do litoral da América do Sul, principalmente no Peru. Aqui o Grande Feminino é considerado a “mulher da lua”, “a esposa do mar” e o

Ler mais

O Poder da Madona Negra

  Este trabalho começa com um sonho. Um GRANDE SONHO que o Xamã da tribo deve contar a seu povo. Há 10 anos, em 1981, após minha iniciação xamânica com Michael Harner em Esalen, Califórnia, passei por um sério problema de saúde ao chegar ao Brasil. Tive um acidente vascular cerebral, um aneurisma, e enfrentei a morte e o desmembramento numa real concretização da iniciação xamânica. Minha vida esteve por um fio, e quando entrei

Ler mais

As Deusas Sujas

As Deusas Sujas   (Mulheres que correm com os Lobos) Há um ser que vive no subterrâneo selvagem das naturezas das mulheres. Essa criatura faz parte da nossa natureza sensorial e, como qualquer animal completo, possui seus próprios ciclos naturais e nutritivos. Esse ser é curioso, gregário, transbordante de energia em certas horas, submisso em outras. Ele é sensível a estímulos que envolvam os sentidos: a música, o movimento, o alimento, a bebida, a paz, o

Ler mais

Manifesto da Mulher Indígena

  A PALAVRA DA MULHER É SAGRADA COM A TERRA   MANIFESTO DA MULHER INDÍGENA Discurso proferido por ocasião do Dia Internacional da Mulher Câmara Municipal do Rio de Janeiro,onde várias mulheres serão homenageadas com um moção especial, por ocasião do lançamento do livro do Vereador Pedro Porfírio Sem medo de falar do aborto e da paternidade responsável. Estávamos todas lá em 1988, no Congresso Nacional, pintados e pintadas como se fôssemos para a guerra.

Ler mais

Tempo Matriarcal

Em épocas matriarcais, ser uma mulher era compreendido como algo especial, por causa da habilidade de sangrar  sem feridas e sem morte. E, reter  seu sangue durante um longo período  na gravidez, para produzir uma vida nova! Que presente miraculoso, a perpetuação da espécie. Como uma mulher entra na idade da sabedoria, seu sangue sábio foi retido dentro de seu corpo. Esta era considerada uma estadia, o incrível poder da mulher em menopausa. Seu ‘

Ler mais

A deusa que é três

  “A chave da deusa tríplice abre muitas portas que dão acesso às camadas mais profundas do nosso ser”. A concepção da deusa representada em três formas, a deusa tríplice, ocorrem em muitas lendas dos velhos ancestrais celtas e estão presentes também na crença de muitos grupos pagãos. A mitologia grega, concebia a deusa tríplice manifestada em Ártemis (que encerra a Lua), em Selene (Lua Cheia) e Hécate (Lua Minguante). Na verdade, os antigos gregos

Ler mais

A MULHER MUTANTE, SENHORA DA ESPERANÇA

Estsanatlehi – Deusa dos Navajos Por Rosane Volpatto Os navajos viveram séculos na área de Four Corners (Quatro Cantos), nos estados do Arizona, Utah, Novo México e Colorado. Esses indivíduos , que chamavam a si mesmos de, são conhecidos por seus tapetes coloridos, suas exóticas pinturas na área, seus poderosos cerimoniais, sua joalheria impressionante e sua capacidade de incorporar  o velho ao novo. A Mulher Mutante é a mais abençoada, reverenciada e benevolente pessoa sagrada

Ler mais

Poder do Sangue

Pesquisa: Léo Artese Os rituais de sangue permitiam uma comunhão com forças mais profundas da vida. Houve uma época na humanidade onde homens e virgens eram sacrificados para aplacarem a ira dos deuses. Os antigos profetas imolavam carneiros para Deus. Vestígios dessa época ainda podem ser encontrados em alguns cultos afros onde sacrificam animais e aves. Existiam cerimônias e pactos que eram feitos com sangue. Alguns nativos cortavam suas mãos e enconstavam os ferimentos uns

Ler mais

A História das Treze Matriarcas

Mirella Faur Ao longo dos tempos, entre os Kiowas, Cherokee, Iroquois, Seneca e em várias outras tribos nativas norte-americanas, as anciãs contavam e ensinavam, nos “Conselhos de Mulheres” e nas “Tendas Lunares”, as tradições herdadas de suas antepassadas. Dentre várias dessas lendas e histórias, sobressai a lendas das “Treze Mães das Tribos Originais”, representando os princípios da energia feminina manifestados nos aspectos da Mãe Terra e da Vovó Lua. Neste momento de profundas transformações humanas

Ler mais

A LUA E A MENSTRUAÇÃO

Por Rosane Volpatto A cada 28 dias a Lua completa seu ciclo de crescente a minguante. A Lua Nova marca a primeira iluminação e um fiapo fica visível no céu noturno. A Lua então cresce até o primeiro quarto, quando se pode visualizar a metade de seu disco. Continua a crescer e completa-se até atingir a Lua Cheia. Neste ponto, começa a diminuir de tamanho até o terceiro quarto, quando novamente só se vê a

Ler mais

Na Tenda Da Lua

Na Jornada de Transformação, que fazemos para celebrar o Calendário Sagrado, as mulheres recolhidas na Tenda-da Lua fazem as preces abaixo : Eu sou mulher que dá a nutrição para assegurar a vida deste planeta. Com meu poder do meu tempo-da-lua, meu sangue, com meu poder do nascimento. Com meu sangue, eu alimento a terra que nos alimenta a todos. S empre me recordo.  Eu sou mulher. Eu sou terra. Eu sou vida. Eu sou

Ler mais

ARQUÉTIPOS FEMININOS ANDINOS

Por Rosane Volpatto Olá Leo! Mil vivas! O nosso mundo precisa de mais homens como você. A maior dificuldade hoje está no fato do homem não reconhecer a mulher na sua originalidade e em suas diferenças. A maioria deles identifica a mulher com a “mãe”, imagem imaginária de ideal de mulher. E, enquanto a mulher aceitar desempenhar este tipo de papel, tudo anda bem, pois um relacionamento mãe-filho, tem menos possibilidade de acarretar problemas. Mas,

Ler mais

Mulheres Lakotas

O xamã lakota Archie Fire Lame Deer, afirma que em seu povo nada é mais respeitado, colocado em mais alta posição, que uma mulher.Aqueles que seguem a linha da cura também são educados por suas avós. As avós falam de Isnat Winyan, a mulher que vive só. É o momento da menstruação , o tempo da Luz, que dura em média quatro dias. Então, a mulher menstruada era conduzida a uma cabana especial, Isnatipi, onde

Ler mais

MULHER XAMÃ

Contribuição: Marilia Torres Azevedo Tal como o Homem Xamã também a Mulher Xamã tem um papel importante na sua sociedade Os países onde o Xamanismo Feminino tem mais afluência é na Índia, Taiwan, e em certas tribos da Amazônia. O Xamanismo feiticeiro e feminista, que é a antíteses ao verdadeiro Xamanismo mágico com as suas Sacerdotisas do Fogo.  Estas utilização das Plantas Sagradas e toda a magia Xamanica. A Natureza é muito sábia, dentro de

Ler mais

O Poder do Feminino

Estamos no Tempo da “Rainha, do Poder Feminino. Eu particularmente torço para isso, pois o mundo em nossas mãos (masculinas) chegou nesse ponto que estamos vendo.É realmente necessária, para o bem do planeta, da entrada de uma força mais carinhosa, mais amorosa. O xamanismo é a prática do Sagrado Feminino. É trabalhar com as energias densas da Mãe Terra e sutilizá-las. Na verdade todas as mulheres deveriam ser Sacerdotisas Da Lua. A Lua é a

Ler mais