Inverno – Parte 2

  ESTUDO DO INVERNO – PARTE 2 Léo Artése Aqui você pode procurar ideias que podem transformar sua vida. É o lugar da purificação, da renovação para a preparação de novos começos. Os componentes desta direção segundo Kenneth Meadows (The Medicine Way) são:        1. Qualidade: Conhecimento e sabedoria Conhecimento é aquilo que nós conhecemos. Isto é processo de conhecimento. Conhecer é ter um entendimento através da experiência pessoal do que é conhecido. Conhecimento

Ler mais

Festivais Sanzonais

Os ancestrais xamânicos celebravam as transformações ocorridas na natureza que eram chamados de festivais. Os Festivais Solares. Eles se preocupavam com o relacionamento da Terra com o Sol e com os aspectos instintivos, místicos e filosóficos que são inspirados por esse relacionamento em datas determinadas pela entrada do Sol em certos signos astrológicos. Os Festivais do Fogo aconteciam em datas fixas, marcando os pontos intermediários entre os solstícios e os equinócios. Solstício de Inverno O

Ler mais

Roda – Oito Direções / Estações

K.Meadows em ” Earth Medicine” relaciona os doze segmentos da Teia da Terra,  o zodiaco e a Roda da Astrologia Chinesa como extensões mais recentes de um sistema ancestral das oito divisões ou direções ( Norte – Nordeste – Leste – Sudeste – Sul – Sudoeste – Oeste – Noroeste). A Roda das oito direções é um conceito usado por nossa história e  todas as culturas, e isso é evidente ao analisar os artefatos das civilizações passadas.

Ler mais

Os Segredos do Xamanismo

  Jose e Lena Stevens Do Livro “Os Segredos do Xamanismo” *Trechos Escolhidos por Monologol*   O aconselhamento xamânico é uma forma antiga e poderosa de recuperação de informações e consulta interior. É uma busca transcultural e tradicional de conhecimento e poder pessoal, anterior a todas as religiões, psicologias e filosofias conhecidas. Possibilita o aprendizado consciente de transpor o aparente abismo existente entre o mundo físico e as esferas da imaginação e da visão. Para

Ler mais

Cerimônia do Tabaco

  O tabaco aqui citado, não é industrializado, e sim o Tabaco Xamânico. O Tabaco sempre foi considerado pelos índios como uma Planta de Poder, porém caiu em maus uso pelos brancos, perdendo sua força original e seu poder, sendo usado de forma viviante, responsável por terríveis males no organismo. Trata-se de uma planta ancestral, que caiu em mau uso pelos brancos, e perdeu seu poder original, transformando-se numa substância viciante, responsável por terríveis males

Ler mais