Os chakras e as glândulas pineal, tireóide, pituitária

Os chakras e as glândulas pineal, tireóide, pituitária

As glândulas endócrinas são grupos especiais de células que secretam hormônios até a corrente sanguínea. Hormônios são mensageiros químicos que controlam muito das funções das células e tecidos. Por exemplo : as supra-renais produzem um número de hormônios que controlam fluidos corporais, baixa de proteínas, quantidades de glicose no sangue, total de gorduras no corpo, produção de aanticorpos para combater infecções e inflamações, secreção de adrenalina.

A glândula tireóide produz hormônios que controlam o metabolismo em geral, o batimento cardíaco, apressão sanguínea, a atividade mental, fertilidade e crescimento.

O sistema parassimpático pode ser considerado como uma extensão das nadís, e as glândulas endócrinas como a extensão dos chacras.

O chakra pode ser um pequenino disco que está inerte e carente de brilho e intensidade. Este é o caso de uma pessoa seriamente doente ou motivada por cobiça ou egoísmo, ou, ainda, pode ser totalmente ampliado e radiantemente ativo no caso da pessoa estar vivendo saúde e espiritualidade.

Os místicos afirmam que no desenvolvimento espiritual, os chakras são como esferas de fogo, funcionando em perfeita união um com o outro e criando um efeito de grande beleza. Então, o grau do chakra em atividade, dependa da combinação do desenvolvimento emocional, mental e espiritual, bem como do físico em boa saúde. Em outras palavras, eles refletem a qualidade da vida individual como uma entidade holística.

Assim como os orgãos físicos, os chakras podem sofrer avarias. Por exemplo, um choque imprevisto através de acidente ou experiência, um trauma emocional ou um luto inesperado, estão entre as causas mais comuns do mal funcionamento dos chakras.

Medo, ansiedade e estresse, podem causar baixas por disturbios na energia dinâmica de euilíbrio dos chackras. Uma obstrução é efetivamente uma área onde a energia está parando de fluir, causadas por energias opostas, produzidas por traumas ou energias que entram. Tais obstruções em qualquer parte na energia fluente, podem resultar num mal funcionamento da glândula endócrina e consequentemente desiquilibra a atividade hormonal.

Cada chacra tem uma função particular, mas, em termos gerais, aqueles abaixo do diafragma tratam das energias das atividades mundanas da existência física, que podem ser chamadas de “funções de sobrevivência”, enquanto as energias acima do diafragma, são relacionadas para criar e expressar atividades.

O chakras refletem a atitude individual para a vida, queira ou não a ênfase é dirigida largamente através de pensamentos materialistas e atividades terrenas, existindo um comprometimento da realidade de pensamentos espirituais. Idealmente eles podem ser todos amplamente desenvolvidos e estar em completo equilíbrio dinâmico.

Então as pessoas interessadas e comprometidas em outros ideais além de só perseguir desenvolvimento material , usam mais seu potencial físico e funções espirituais, expandindo seus chacras e tornando-os mais ativos. Isto acontecendo, uma expansão de consciência toma lugar provendo o indivíduo com discernimento até outros reinos de existência e dentro de sí próprios.

O nível de atividade do chakra é refletido na aura em suas cores, tons e matrizes, quando a pessoa vai expandindo sua consciência eles começam a operar no alto nível de seu potencial.

As glândulas

Em seu ” Tratado Esotérico de Endocrinologia”, o gnóstico, Samael Aun Weor, destaca a Glândula Pituitária, como regularizadora e controladora da estrutura celular.

Pituitária

pituitaria

A Pituitária é a Glândula-Mestre do sistema endócrino, controlando as demais glândulas.

Também tonifica os musculos involuntários do organismo.

Cita ainda a afirmação do Dr. Jorge Adoun, de que o átomo do Cristo Cósmico, se acha na Glândula Pituitária.

Ela é do tamanho de uma ervilha e é localizada no cérebro.

A Glândula Pineal, também no cérebro, tem, segundo Weor, cinco milímetros de diâmetro e está intimamente ligada com os orgãos sexuais.

Segundo os yoguis, é a janela de Brahama.

Pineal

pineal

O desenvolvimento da Pineal permite-nos perceber o corpo astral e seus sentidos anímicos.

Tireóide

tireoide

Já a Glândula Tireóide possui doís lóbulos ao lado de cada “Pomo de Adão” É por onde adquirimos a capacidade de canalização. Está relacionada com todo o metabolismo do corpo físico.

Situadas sobre as tireóides, estão as paratireóides, que controlam o cálcio das células e do sangue.

Timo

timo

O Timo está na base do pescoço. Segundo a Astrologia esta glândula é influenciada pela Lua, está relacionada ao sistema imunológico.

Pâncreas

pancreas

O Pâncreas, produtor de insulina. O Figado que produz glicose. As glândulas supra-renais, que produzem adrenalina.

chakra-sutil

ENTRE EM CONTATO

Envie um e-mail para a equipe do Site


©Desenvolvido por Agência Rumi

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?