Espiríto da Terra

Texto e imagens : Alfredo Almader

Eco-xamanismo

Muito antes do bioquímico alemão Johann Friedrich em 1869 descobrir o DNA, muito antes ciência dos céticos, que é nossa amiga, aprovar e registrar a molécula da vida, nossos ancestrais e xamãs já haviam criado o símbolo do caduceu.

dna-espirito-terra

O fórmula da espiral da vida do DNA já havia sido lida nos céus no enrosco das galáxias, dos furacões, ciclones e tornados que giram cada vez mais rápido quando se aproximam de seus centros. A ciência batizou este efeito de efeito de Coriolis.

espirais
espiral-fogo ciclone

Uma nova ciência já começou a. É o enrosco das serpentes da ciência e do espírito que estavam afastadas por séculos e que agora se unirão novamente no símbolo sagrado do caduceu. O olho direito da ciência que enxerga o perto e o esquerdo do xamanismo que enxerga o longe, o braço o esquerdo que gesticula bem-vindo e o direito que aprova e classifica os convidados, a perna esquerda que sente o chão e a direita que puxa a caminhada estarão unidas neste nova ciência.

Nós do xamanismo que já compreendemos a missão ainda somos poucos, mas seremos muitos. Sabemos que compreender é pouco e devemos agir para defender a preservação do planeta. Não somos somente o cordeiro. Temos a força do cordeiro, da serpente, do urso, do coelho, do lobo, da águia, da aranha tecedeira… Oremos para que Deus glorifique nosso caminho.

ENTRE EM CONTATO

Envie um e-mail para a equipe do Site




©Desenvolvido por Agência Rumi

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?