login

Universo Xamânico

A Busca

A MISSÃO

O que é Xamanismo?

Mircea Elíade

Michael Harner

Alix de Montal

Carlos Castañeda

Jamie Sams

Leo Rutherford

Mario Mercier

Paul Devereux

Patrick Drouot

Roger N. Walsh

Sandra Ingerman

Terence McKenna

O Aprendizado no Xamanismo

Os Segredos do Xamanismo

O Xamã

Cosmologia Xamânica

Estados Alterados

Xamanismo - O Retorno

Eco-Xamanismo

Ritos e Cerimônias

Xamanismo e as Religiões

Calendário Sagrado - 8 ESTAÇÕES

Inverno - A Renovação

Primavera - A Ativação

Verão - O Crescimento

Ancestrais - As Raízes

Direções Cardeais

Direções Colaterais

Elementos & Elementais

AR - Corpo Mental

FOGO - Corpo Sutil

ÁGUA - Corpo Emocional

RELACIONAMENTOS

TERRA - Corpo Físico-Saúde

Xamanismo e as Crianças

Xamanismo Corporativo

GLOSSÁRIO XAMÂNICO




mural

Topic list: Capa.WebMensagem001, Capa.WebMensagem002, Capa.WebMensagem003, Capa.WebMensagem004, Capa.WebMensagem005, Capa.WebMensagem006, Capa.WebMensagem007, Capa.WebMensagem008
Number of Tips: 8
Random Number: 2
Web.Topic: Capa.WebMensagem002
Dot pos: 5
Web: Capa
Topic: WebMensagem002
Full URL:  

Meditar é ver se erguerem os sóis do espírito, depois das provas noturnas, as tempestades e os tormentos da alma. Aprende a meditar se queres ver o mundo com olhos novos.
Tradição Índigena Norte Americana, Ed. Nova Era



lojinha

Carlos Castañeda

img Trago abaixo uma pequena coletânea de conceitos :

Dom Juan acreditava que os estados de realidade não comum era eram a única forma de apredizagem pragmática e o único meio de adquirir poder.

Segundo D.Juan o objetivo do estudo é tornar um Homem de Conhecimento. Para isso 7 conceitos :

1. Tornar-se um homem de conhecimento era questão de aprendizagem. 2. Um homem de conhecimento tem um propósito inflexível 3. Um homem de conhecimento tem clareza de espírito 4. Para ser um homem de conhecimento é preciso um trabalho exaustivo. 5. Um homem de conhecimento é um guerreiro 6. Um homem de conhecimento é um processo incessante. 7. Um homem de conhecimento tem um aliado. Esses sete conceitos são temas. Percorrem o ensinamento, determinando o carater do conhecimento. O Homem de conhecimento, porém, não era um guia de comportamento, e sim uma série de princípios que abrangiam todas as circunstâncias fora do comum pertinentes ao conhecimento que era ensinado.

Dom Juan me ensinou feitiçaria, mas não feitiçaria como entendemos a partir do contexto do nosso mundo cotidiano : usar poderes sobrenaturais sobre os outros, ou atrair espíritos através de encantamentos, rituais ou feitiços visando produzir efeitos sobrenaturais. Para Dom Juan, feitiçaria era o ato de incorporar alguns princípios especializados, teóricos e práticos, sobre a natureza e o papel que a percepção representa em moldar o universo ao nosso redor.

Em obras de antropologia, o xamanismo é descrito como um sistema de crenças de alguns povos nativos do norte da Ásia - predominando também entre certas tricos de índios da América do Norte - que afirma a existência de um mundo invisível de antigas forças espirituais, boas e más, ao nosso redor; forças espirituais que podem ser invocadas ou controladas através de atos dos praticantes, que são os intermediários entre os reinos natural e o sobrenatural.

Dom Juan era de fato um intermediário entre o mundo natural da vida cotidiana e um mundo invisível, que ele não chamava de sobrenatural, e sim de segunda atenção. Seu papel como professor era tornar acessível a mim essa configuração que os feiticeiros chamam de segunda atenção.

Dom Juan afirmava que nosso mundo, que acreditamos ser único e absoluto, é apenas um meio a um conjunto de mundos consecutivos, arrumados como as camadas de uma cebola. Dizia, que apesar de sermos energéticamente condicionados a perceber sómente nosso mundo, ainda temos a capacidade de entrar nessas " outras regiões" - que são tão reais, únicas, absolutas e envolventes como nosso mundo.

Acreditando que somente nosso condicionamento energético nos impede de entrar nessas "outras regiões", Dom Juan afirmava que os feiticeiros da antiguidade desenvolveram um conjunto de práticas destinadas a recondicionar nossas capacidades energéticas de perceber. Chamavam esse conjunto de práticas de " A Arte do Sonhar " .

  homepágina inicial  e-mail e-mail   e-mail