Ti sagrado havaiano – Cordyline Terminali

Ti, como é conhecido nas ilhas, e uma das plantas típicas do arquipélago havaiano. Faz parte da vida e da cultura do povo. No Brasil, e encontrada nos jardins como planta ornamental.

Seu nome científico É Cordyline Terminalis . Entre suas varias cores, as mais comuns são a vermelha e verde.

Aplicações

No passado, os havaianos usavam as folhas para cobertura e construção das rústicas cabanas. Nos dias atuais o Ti faz parte dos eventos ,festividades e decoração das casas havaianas. Como enfeite , pode ser costurado e vestido na forma de saia, ou usado no corpo como adorno para cabeça, braços e pernas. E útil também na confecção de embalagens e transporte de alimentos. Envolve alimentos no cozimento de pratos típicos, participando também no servir das fartas mesas de Luau, a tradicional festa havaiana. Fermentadas, as raízes do Ti fornecem uma bebida muito popular e apreciada ate hoje nas ilhas.

Oferendas

Nas oferendas aos deuses, costume que se pratica nos dias atuais , O Ti envolve pedras vulcânicas, frutas etc., deixadas pelos nativos nos templos (Heiau) em presentes oferecidos a Deusa Pele, no vulcão Kilauea.

Kahunas

Os Kahunas, xamãs havaianos, utilizavam as folhas de Ti em rituais de magia e banhos de purificação que serviam para afastar entidades astrais inferiores. Atribuíam ao Ti 0 poder de proteger contra influências espirituais negativas. A planta ainda e usada em cerimônias para livrar dos ataques de magia negra.

Max Freddon Long escreveu em seus livros, sobre a temida “Oração da Morte”, praticada na maioria dos casos por sacerdotes negros. A vitima quando atacada sofria de um paralisia , que iniciava nos membros inferiores subindo ate o tronco, atacando o coração e provocando a morte.

Ritos e magia

o livro kahuna Laáu Lapaáu, de June Gutmanis, descreve o uso do Ti em rituais Kahunas:

… Passadas algumas horas,o primo (Kahuna), retornou do quarto com o menino carregado em um braço e no outro um feixe de folhas limpas de Ti. Uma por uma o primo deitou as folhas verdes de Ti em uma esteira limpa no chão no centro da sala.

Sentou-se no centro do círculo de folhas, pegou uma cabaça aberta e começou a rezar.

Durante a cerimônia, o menino, um haole, (estrangeiro na língua havaiana), caiu algumas vezes. Após algum tempo, o Kahuna concluiu que o menino estava sendo atacado por magia negra. A magia negra era proveniente da baixa ordem dos sacerdotes havaianos.

Estes rezavam para que pessoas morressem .

Ainda sobre a esteira e no centro das folhas verdes, estava imóvel ereto no seu altar.

Trouxe uma cabaça com água salgada e raízes de oleha. A agua salgada do mar e conhecida, desde os tempos ancestrais, pelos havaianos, como agente puriflcador. A raiz de oleha tem o poder de afastar o mal.

O Kahuna colocou raízes de oleha dentro da cabaça com agua salgada e adicionou folhas de Ti. Com a cabaça em sua frente rezou silenciosamente.

Rezou de forma longa e ardente.

A oração era endereçada aos Deuses de sua família. Pedia a purificação de sua mente, mãos e corpo, para que não interferissem no tratamento.

Ao encerrar as preces, agitou os pedaços de oleha na agua salgada, andou em torno do paciente borrifando a agua consagrada sobre ele, sobre a sua cama, no teto, nas paredes e no chão…

Florais

As Essências Florais, descobertas pelo medico inglês Edward Bach, hoje são conhecidas internacionalmente e usadas como um método alternativo no tratamento de desequilíbrios emocionais do Eu Básico.

Inúmeros Kits florais , elaborados a partir de flores de vários países, são utilizados por terapeutas, medicos psicólogos etc. No Kit de “Essências Florais Endêmicas Havaianas” uma das essências e feita do Ti. Esta essência possui as seguintes características:

“….E uma essência muito poderosa,que afeta os corpos da alma, astral e etérico. Ela forma um escudo protetor e forma de “T” (dai o nome), para repelir entidades malignas do plano astral inferior que obsediam o corpo astral das pessoas.

Uma conexão de luz instantânea é feita do corpo da alma da pessoa até seu corpo astral e o nível astral é inundado com a Divina Luz que provê o corpo da alma.

A fonte dessa energia é o corpo da alma, naquela ocasião em particular, e ela alinha os corpo da alma, astral e etérico, assim como projeta um escudo protetor ao redor do corpo astral.

Essa essência age mesmo quando o corpo astral está sendo obsediado por uma entidade do plano astral inferior e, ao preencher o corpo astral com a “Luz da Alma”, instantaneamente repele qualquer entidade invasora ou obsessora. levará algum tempo até tal entidade partir permanentemente (especialmente se a obsessão for substancial), mas cada vez que a essência é tomada, o agarrar da entidade invasora é diminuído.

Quando o corpo etérico é trazido ao alinhamento com o corpo da alma há uma liberação instantânea de tensão nervosa (que as entidades astrais produzem) e a energia nervosa harmonizada com o Ser Superior.

As pessoas com uma vasta gama de problemas nervosos tais como exaustão nervosa, inquietude e insônia se beneficiam com esta essência . É particularmente boa para tratamento do estresse e também para lidar com casos psíquicos de obsessão astral,até em animais. Comportamentos estranhos em certos animais podem ser causados por entidades do plano astral inferior e este é um meio de cura para isso e também um tônico para problemas nervosos em animais e humanos. Serve para trabalhar ambientes psiquicamente carregados, para retirar feitiços ou maldições.

ENTRE EM CONTATO

Envie um e-mail para a equipe do Site




©Desenvolvido por Agência Rumi

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?