Orixás e Xamanismo

  Culto dos Orixás uma Prática Xamânica. texto de : Omo Ifá Awotundé Alberto Junior.   Sabemos que o termo Xamã vem da Sibéria para designar a arte de promover, Equilíbrio, Harmonia e Saúde psico-fisicas, através do estado de êxtase ou da expansão da consciência, que o Xamã adquire após longos períodos de treinamentos e iniciações. O Termo Xamanismo, também hoje em dia é utilizado para definir determinadas práticas espirituais e ritos religiosos, proto-históricos, e

Ler mais

Ilé Axe do Apô Afonja

Léo Artese Em 1982, tive a honra de conhecer Yá Stella, no Ilé Axe do Apô Afonja em Cabula, na Bahia.  Lembro-me muito bem dos seus olhos firmes, da sua presença que irradiava uma força, que era quase impossível deixar de olhá-la. Foi tudo de um sincronismo imenso. Cheguei numa quinta-feira com uma carta de apresentação de um Ogan ; O Getúlio e de sua filha de Santo Odaléia de Ewá. Tudo por contato do

Ler mais

Umbanda

Fonte :Federação Brasileira de Umbanda O vocábulo Umbanda, com sete letras e três sílabas, é uma corruptela da palavra místico-sagrada aum-ban-dan, cujo significado é “lado de Deus”, “O que vem de Deus”, “Conjunto das Leis de Deus”. Possui influências dos cultos indígenas, africanistas, do espiritismo, do catolicismo e das religiões e filosofias do Oriente. As primeiras manifestações dos Espíritos de Luz designados para esse trabalho, sob forma de Caboclos e Pretos Velhos, foram rechaçados nas

Ler mais

Histórias dos Orixás

  Um Babalawo me contou: Antigamente, os orixás eram homens que se tornaram orixás por causa de seus poderes; Homens que se tornaram orixás por causa de suas sabedorias; Eles eram respeitados por causa de suas forças; Eles eram venerados por causa de suas virtudes. Nós adoramos suas memórias e os altos feitos que realizaram; Foi assim que esses homens se tornaram orixás. Os homens eram numerosos sobre a Terra, antigamente, como hoje, Muitos deles

Ler mais

Cultos aos Orixás

  Mito Da Criação Olorun, Deus supremo, criou um ser, a partir do ar (que havia no início dos tempos) e das primeiras águas. Esse ser encantado, que era todo branco e muito poderoso, foi chamado Oxalá. Logo em seguida, criou um outro orixá que possuía o mesmo poder do primeiro, dando-lhe o nome de Nanan. Os dois nasceram da vontade de Olorun de criar o universo. Oxalá passou a representar a essência masculina de

Ler mais