Calendário Sagrado: Estudo de Verão – Roda Medicinal no Hemisfério Sul

Calendário Sagrado: Estudo de Verão – Roda Medicinal no Hemisfério Sul

A Direção Norte da Roda Medicinal no Hemisfério Sul (No H. Norte é Sul)é o lugar para retornar à inocência e adquirir fé, confiança. O lugar onde nossa fé é testada e provada, e o lugar onde podemos recapturar a maravilha de estarmos vivos, e que podemos ser como crianças. É o Portal das Emoções e do Elemento Água. No pensamento nativo, assim como não podemos bloquear as águas de um rio, também não podemos bloquear as nossas emoções. Ou seja, deixar fluir. Representa também o Reino Vegetal.

A Direção Norte da Roda Medicinal no Hemisfério Sul (No H. Norte é Sul)é o lugar para retornar à inocência e adquirir fé, confiança. O lugar onde nossa fé é testada e provada, e o lugar onde podemos recapturar a maravilha de estarmos vivos, e que podemos ser como crianças. É o Portal das Emoções e do Elemento Água. No pensamento nativo, assim como não podemos bloquear as águas de um rio, também não podemos bloquear as nossas emoções. Ou seja, deixar fluir. Representa também o Reino Vegetal.

O Espírito guardião do Verão, conhecido também como Shawnodese, é o Coiote. O coiote significa muitas coisas para o nativo. Há quem diga que ele é traiçoeiro, é que ele assombra nossos sonhos, quando decidimos ser sérios demais, adultos demais, e sufocamos a nossa criança emocional. Há quem diga que ele é o embusteiro, uma espécie de palhaço sagrado, ou malicioso. Ele também é o símbolo da liberdade e do mistério.

O Verãol tem as dádivas da energia, adaptabilidade, maturidade, diversão e humor. A hora de estudar relacionamentos, é a hora quando tudo em nosso mundo torna-se verdadeiramente possível, quando buscar por amor é definitivamente uma de nossas forças guias e onde somos capazes de dar e receber amor em muitos sentidos.

O poder desta estaçãol é misterioso, um poder de mudança, do crescimento. É a direção para explorar o amor, explorar os relacionamentos e explorar o mundo a sua volta, para explorar quem você é.

Para simbolizar a direção Norte no seu altar coloque um copo com água.

O portal do coração, das emoções. É lá que chegamos, quando necessitamos curar nosso coração, quando necessitamos aprender como amar, quando precisamos aprender a deixar de lado tudo o que não é amor ( ódio, medo, inveja, ciúme, raiva…) Ele ensina também sobre sexualidade e sensualidade.

O corpo celestial da estação é a Lua, que rege nosso corpo emocional, é a direção da fé. Quando não estamos equilibrados emocionalmente, quando sofremos por nossos sentimentos, quando duvidamos da nossa capacidade de dar e receber amor, quando falta fé no Criador e no Mundo a nossa volta, quando nos esquecemos de ser criança, quando não temos tempo para nos divertir, corremos para o Guardião da Direção Norte.

Adaptação de K. Meadows:

1 Qualidade: Confiança e Inocência

No pensamento nativo este portal foi associado com a criança que estava crescendo no corpo e a mente caminhando para a maturidade, mas ainda com a retenção de uma atitude da confiança e da inocência, em meio ao cinismo, arrogância e insensinbilidade do mundo do adulto. O espírito desta direção ajuda a adquirir coisas de valor espiritual e durável, crescendo como uma criança rapidamente para a maturidade. Mas esta maturidade espiritual pode vir somente com da adoção de uma atitude da confiança e inocência. Então seguirá uma compreensão da verdadeira identidade e a aceitação do mundo adulto, do controle do próprio destino. A qualidade da confiança e da inocência exigida é a que faz do aprendizado uma aventura, produz o excitamento da descoberta e a alegria na consciência que o conhecimento do novo traz. Significa não permitir que os medos ilusórios, valores falsos, dúvidas e os complexos de culpa da idade adulta estraguem o progresso. Significa a confiança nos próprios instintos e não se incomodar no que o outro pensa ou diz. Observe como a criança inocente aprecia a experiência completa da vida e como rapidamente e prontamente aprende a cada aventura nova. Você começará a apreciar o significado da qualidade desta direção. Para isso retorne a alguma maravilha que você viveu quando criança para o aplicar ao processo da vida. Você obterá mais entusiasmo na consciência de que a vida é uma experiência maravilhosa a ser saboreada e apreciada e não apenas tolerada ou sofrida. Tome o tempo absorver-se agora na qualidade desta estação.

2. Totem: Meadows traz o Rato, mas a maioria das rodas traz o Coiote

Rato:

O pequeno rato ensina que o sentimento e a intuição precedem frequentemente a descoberta. Enfatiza a importância de examinar seus próprios sentimentos e emoções e ser guiado por eles. Isso não significa ser controlado por isso, mas deixar fluir.

Coiote:

Professor selvagem e ardiloso do Reino Animal (Sun Bear). Existe todo um bloco da mitologia nativa que lida com o Coiote, o velho trapaceiro que, às vezes, é Criador e outras vezes, o “Palhaço Sagrado”. O Coiote é um dos mais sagrados e mais profanos dos animais. Tal como o pato Loon ( totem da Vovó Lua) e o Sapo (Clã dos Sapos), ele é um cantor poderoso, cuja canção pode levar os humanos à liberdade ou ao medo. Coiote traz crescimento a qualquer um, mas para aqueles que amam a vida, ele dá o presente da “confiança “. É a confiança na vida que nos ensina a verdadeira sobrevivência e tolerância.

3. Elemento: Água

A água física é fluida e a fluidez é uma característica da água elementar. A água é o caminho do meio entre o solido e o gazozo. A água física pode solidificar em gelo ou transformar-se através do fogo em vapor e então em energia radiante. A água elementar também se situa entre o esplendor do fogo, a mobilidade e a inércia da terra. Sem o fluxo, o movimento penetrante da água, a terra secaria acima e tornar-se-ia estéril, e nada cresceria. Sem o fluxo da emoções, o ser humano seria seco, estéril , frágil. Nossos emoções e sentimentos são uma expressão da água elementar. A associação da água com emoção é refletida em provérbios como ‘ inundações de emoções’ e ‘ águas de compaixão’. O amor deve ser permitido fluir, demasiado. Não deve ser engarrafado ou estagnar-se-á . Assim o amor deve fluir. Deixar o amor mover-se delicadamente na direção de seu próximo. Não contê-lo.

Os ancestrais reconheciam a água como o aspecto feminino da Fonte da Vida e era associada com a fertilidade. A Agua é usada no xamanismo como um grande agente de cura. Ela dissolve e carrega impurezas.

4. Cor: Vermelho

o vermelho é a cor do fluido da vida. O sangue representa a vitalidade, o viogor, a saude. É a cor associada a potência sexual, força, coragem. O vemelho é a paixão, a cor da fé, a cor dos povos vemelhos, do Caminho Vermelho.

5. Reino: Vegetal

Como esta é a direção do doar, o Reino Vegetal, tudo nos dá. A Morada, alimento, remédios, oxigênio….Aqui o convite para conhecer as plantas e arvores que dividem conosco a vida na Terra. Aqui o lugar para conhecer as “Grandes Curadoras” de nosso planeta. Os remédios herbais trazem equilibrio para o nosso corpo. As árvores “grandes professoras” que purificam a atmosfera. O reino vegetal garante a vida e o crescimento de todas espécies.

6. Corpo Celestial: Lua

A Lua está diretamente relacionada com a água. Seus ciclos exercem poderosos efeitos em mais de 70% da superfície da Terra. Sua influencia magnética movimenta milhares de toneladas de água um lado para o outro do planeta.

Ela simboliza nosso inconsciente. Suas fases indicam o caminho das energias de luz trabalhando.

7. Aspecto Humano: Corpo Emocional

Devido a sua fluidez, as emoções humanas são ligadas com a água. Aplicando os princípios aprendemos que harmonia interna pode ser conquistada por “dar com as emoções”. Muitos de nós usamos o medo para expressar nossas emoções porque tememos a vulnerabilidade, então deixamos de expressar nossos verdadeiros sentimentos. Amor, afeto, estima, são muitas vezes expressados quando damos algum objeto físico. Não existe nada de errado nisso, e nem devemos nos dispensar de dar esses presentes, mas não é essse o sentido. Nós também precisamos dar de nós mesmos, e falhamos quando seguramos nossas emoções.

Quando negociamos com outros, buscamos segurar as nossas emoções e dar com nossas mentes, quando deveríamos dar com nossas emoções e segurar com nossas mentes.

8. Período De Tempo: O Passado

As emoções são ligadas com o passado. Para crescermos é necessário nos livrar dos pesos do passado, que nos limitam e causam dor emocional no presente. Neste trajeto é importante rever o passado e aprender com suas lições. Os traumas têm suas origens nas experiências do passado. Aferrando-se ao passado nós asseguramos que ele se repita continuamente.

O passado é o que tem sido, o presente é o que se tornou e o futuro é o que se está tornando.

9. Estação: Verão

O verão é a estação de crescimento rápido e pode ser associado à juventude. Nesta época o broto da planta já virou folha, flor e fruto. Nós também desabrochamos e nos mostramos ao mundo vestindo pouca roupa. É o período da extroversão, a gente fala, corre e sua muito. Continue comendo verduras, folhas verdes e principalmente muitas frutas e mel para repor os minerais que perdemos ao suar. Tome muito líquido!!

10. Inimigo:Medo

Existem dois tipos de medo o real e o ilusório. Quando o medo é real é positivo pois ele nos ajuda a tomar cuidados que resguardem nossa sobrevivência. Quando são ilusórios requerem fé e claridade na mente. eles impedem o crescimento, a exploração e a aventura.

11. Manifestação: Musica

A natureza essencial desta estação é manifestada pela música, danças e atividades joviais que expressem exuberância.

ENTRE EM CONTATO

Envie um e-mail para a equipe do Site


©Desenvolvido por Agência Rumi

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?