Roda Medicinal- Direção Oeste – Mudjekeewis

Spread the love


A Direção Oeste é o lugar da instrospecção, da escuta. Ensina sobre a cura e contém muitas lições que nos ajudam a resgatar fragmentos que vamos deixando, várias vezes, em nossas vidas. No Oeste olhamos as dualidades da vida, nossos medos e nossos amores, nossas forças e fraquezas, divertimentos e mágoas.

Seu elemento é a terra, portanto representa o nosso corpo físico e o Reino Mineral . É o alicerce das pedras, gemas e substâncias minerais. O oeste é o sólido, a estabilidade, a construção. É o útero da Mãe-Terra, o lugar de morrer ( onde o sol descansa), para renascer. Simboliza o Feminino Profundo.

Para simbolizar o Oeste no seu altar coloque uma pedra, cristal, ou um vasinho com terra.

Nós aprendemos como responder às necessidades do corpo, nos conscientizamos das auto-sabotagens e o lado sombrio de nossos comportamentos, corrigimos a velha forma de ser para ir em direção a cura. É onde adquirimos habilidades de cura. Onde curamos os vícios, velhas dores ou traumas.

 

O animal é o Urso Pardo é associado a Mudjekeewis, o Espírito Guardião do Oeste . Ele é o mais forte de todos os ursos. Auto-suficiente, vive-se da sua própria força, cura-se a sí próprio comendo ervas. O urso hiberna no inverno e prepara-se no outono para seu longo sono, comendo bem e armazenando força, então quando chega a primavera, está pronto para a renovação. Então, ensina a nos recolhermos em nossas cavernas ( introspecção) para digerirmos nossas idéias.

O Oeste é o poder atrás da necessidade de preparação e resgate da atividade passada. É a direção para olhar para dentro e examinar ações passadas, aprender qual decisão será tomada, examinando as verdadeiras intenções. Como rege o Reino Mineral, é onde se pede por prosperidade. Quando necessitamos ser nutridos de energia física, quando estamos aéreos e necessitamos colocar nossos pés no chão, para pedir equilíbrio ecológico, alcançar metas pessoais, para conseguir silêncio interior e saúde física, para mudar de emprego ou trabalho, para descansar, digerir idéias, é no Oeste que devemos sentar.

A estação é o outono e a cor é o preto.  As luas que ele influencia são as do quadrante Oeste :

Lua do Vôo dos Patos (Lua do Outono) : 21 de março à 19 de abril

Lua Gelada(Lua da Ultima Colheita) : 20 de abril à 20 de maio

Lua das Grandes Neves (Lua das Noites Longas):21 de maio a 20 de junho

A lição maior de Mudjekeewis é a  responsabilidade por nós mesmos, pela Terra e por todas as Nossas Relações .É a época em que nos preparamos para devolver nossa colheita à Mãe Terra. Quando a maioria das sementes cai de volta à terra para recomeçar o ciclo de vida. É nessa época da vida que as pessoas que foram agraciadas com a visão, se conhecem o suficiente para compartilhar suas lições. Mudjekeewis traz as dádivas da maturidade, da experiência, da especialização. Nesta época as pessoas descobrem quais são as suas verdadeiras habilidades e aptidões e ganham um conhecimento inabalável do que eles podem e não podem fazer na vida. É a época em que não se tem mais medo de dizer que algo é desconhecido para nós ou que está além de nossas capacidades. É época em que já estabelecemos firmemente nossos hábitos e padrões, quando finalmente nos conhecemos o suficiente para relaxar na vida. O Oeste é um tempo de força na vida humana, um tempo de equilíbrio.

Quando as pessoas alcançam Mudjekeewis, elas já se estabeleceram. Têm uma carreira, uma profissão, uma família e um lar. São estáveis e responsáveis. Alcançaram um ponto onde levam nas costas não apenas os jovens – para quem eles fornecem  ensinamento, liderança e cura – mais também os mais velhos, aqueles que não são capazes de se cuidar como fizeram antes.

A época de Mudjekeewis contém um paradoxo : embora vivencie o seu ponto mais alto de força, torna-se também consciente das pequenas mortes que ocorrem à sua volta; embora sinta que pode conquistar o mundo, torna-se consciente de sua própria mortalidade e o seu verdadeiro significado. A posição de Mudjekeewis é o lugar de se procurar, quando aspiramos a maturidade. Podemos aprender sobre força, poder, adaptabilidade,responsabilidade, liderança, ensinamento, introspecção e o feminino profundo. É a posição que realmente se preocupa com o bem estar dos outros. Ajuda a temperar a paixão e a acessar o conhecimento que se ganhou da vida. Aprendemos o equilíbrio entre olhar para dentro e agir para fora. O lugar para se ir quando sabemos quais são os verdadeiros propósitos de nossas vidas, mas precisamos de ajuda para realizá-los.

Mudjekeewis traz a cura em nível espiritual, cura para tudo o que consideramos sagrado. É nessa época que podemos ser mais eficientes como líderes espirituais e cerimoniais. É quando temos bastante experiência da vida para compartilhar, que podemos dar os mais verdadeiros ensinamentos. O poder de Mudjekeewis é o de servir : servir com força, coragem, graça e  habilidade.

Espírito Guardião : Urso Pardo

Elemento : Terra

Talentos : Local de introspecção e Intuição.

Cor : Preto

Reino : Mineral

Corpo : Físico

Corpo Celestial : A Terra

É o útero da Mãe Terra, representado pela caverna do Urso. É o lugar de morrer para renascer. Da nutrição e da proteção. Do mundo subterrâneo e da escuridão. É o ” Feminino Profundo “. Para se encontrar consigo mesmo, meditar profundamente. Quando você necessita ser nutrido com maior energia física, quando você estiver aéreo e necessitar colocar os pés no chão. Para pedir por equilíbrio ecológico, alcançar sua metas pessoais, conseguir silêncio interior e saúde fisica, mudar de emprego ou trabalho, a Direção Oeste é o lugar para se sentar.

Evocação : ” Espírito da direção Oeste, local de introspecção e da intuição, portal da saúde e do Elemento Terra – Cure-nos “.

A ênfase do Oeste é nas coisas sólidas e físicas. Nosso corpo físico é quem nos “segura” como parte da Terra. Cada um de nós é o centro do seu próprio Universo dentro da aura humana, e assim podemos experienciar o reino da matéria. O corpo físico humano é uma peça de um  equipamento complexo e altamente sofisticado. Nós crescemos de uma pequena célula do tamanho de um ponto de alfinete. Aquela célula era como um microchip miniaturizado, tão minúsculo que é invisível para o olho humano. Ainda contém um programa, um código genético, com a  imagem do que  você deve se tornar.  Este programa, esta imagem , foi  objetivada até a forma física com corpo, cabeça, pernas, braços, efeitos faciais, orgãos vitais, etc, cujo desenvolvimento, está de acordo com as leis cósmicas e naturais.

O Poder do Oeste é uma influencia que realça a auto-suficiência e o desenvolvimento de um tipo de força que chega do interior e que é a mais importante dasforças. Quem nasceu nessa época é geralmente dotado de um grau de força interior  para enfrentar as dificuldades da vida, mas  frequentemente necessita reconhecer que deve colocar -se para fora quando necessário. Também possuem um grande sentido de auto-suficiência e são mais introspectivos. Sentem atração pela cura natural e medicinas complementares.

O especial relacionamento do Oeste é com o Reino Mineral, sua principal função é “segurar, reter”, e as pedras, rochas, gemas e substâncias minerais são  grandes retentoras e armazenadoras de energia. O Reino Mineral é a mais antiga das quatro  formas de vida na Terra. As pedras e rochas existiram antes de haver vegetação, animais ou humanos. . Os indios acreditavam que quando a Terra estava em estado embrionário, as rochas desenvolveram-se como esqueletos para formar a Terra.  As gemas como órgãos e os cristais de quartzo como células cerebrais. É desse antigo conhecimento que certas pedras são relacionadas à partes do corpo físico. Por exemplo, na visão ancestral o perídoto era relacionado com os olhos e com a visão, o ônix com os ouvidos e audição, a ágata com as mãos e com o toque, o topázio com a língua e com o paladar,  o jaspe com o nariz e o olfato. A razão é que as pedras estão conectadas com os próprios órgãos da Terra.

O cristal de quartzo era muito utilizado pelo índio, que o considerava ter propriedades especiais, como um transformador e como acumulador de energia. O xamã da tribo usava peças de cristal em bastões como varinhas de cura.A ciência descobriu que o cristal de quartzo contém a mesma composição química, que se encontra nos minerais naturais do corpo humano, a sílica.  Quando você traz um peça de cristal de quartzo em suas mãos, está com um ser de uma existência muito antes do primeiro homem aparecer na

O código genético é um sistema de transmissão de informações entre células e inclui interiormente uma estrutura matemática. A Roda Medicinal cuja  Teia da Terra é baseada, é também estruturada com  esse caminho harmônico. Assim como o oriental I Ching, como o Círculo Ancestral da Vida e Poder.Nesse código genético estão as instruções do  bio-computador orgânico que é o nosso cérebro, cujos componentes podem ser carregados juntos e contém interiormente uma cobertura protetora, que é o crânio. O crânio é uma oitava de oito ossos. Ele era reverenciado como símbolo pelos ancestrais. Somente com a civilização, que o representou como um objeto sinistro.

O Universo é mente. O crânio é o que contém o cérebro, que é um computador que dirige a mente e pode ser considerado o microcosmo para representar a mente da Fonte  ” O Grande Espírito ” Quem põe o código genético para fazer prodígios, assim como um maravilhoso veículo físico para você ? A inteligência !As coisas não acontecem simplesmente. Não há acidentes. Existe uma inteligência por detrás, e você pode dar o nome que quiser à essa inteligência. Desde que a inteligência é presente, há uma mente, que é o alicerce da inteligência. Pode você acreditar que seu nascimento foi apenas um acidente ?

Nossas células são como microchips – um pequenino circuito eletrônico que tem a capacidade de memorizar, processar e circular informações – um inteiro, fantástico universo de informações todas contidas num simples código. O corpo físico é mais do que um veículo de expressão . Ele não é você somente a seu serviço. É um meio de transportá-lo e o capacita para funcionar na Terra, dentro do reino físico da existência. Nunca desvalorize o seu corpo físico.

A principal função do Leste é determinar e a função do Sul é dar, do Norte é receber e a do Oeste é “segurar”. Agora, segurar, não significa congelar ou aprisionar algo na sequência, permanecer com algo. Os ancestrais consideram “segurar” como uma pausa refletiva antes da mudança ou transformação. Segurar é uma pausa na transferência de energia – de dar para receber, ou de receber para dar. É o ponto do meio. E é a aceitação de que pode receber através dos outros e dos nossos próprios esforços. É a consideração de que cada um deve dar de sí mesmo para manter a Roda girando.

A Direção Oeste é ligada ao Outono, que é a estação de consolidação, quando pára o crescimento e o esquema natural das coisas.  Humanos armazenam frutos dos seus  esforços e também examinam a sí mesmos para descobrir que mudanças necessitam para progredir, quando o tempo de renovação chegar. Esse “entrar dentro” é a essência de muitas experiências de vida que o povo do Oeste  achará por sí próprios.

O Poder do Oeste expressa-se como uma influência estável.  A responsabilidade humana por reunir coisas em volta, de segurar coisas organizadas com direções, regras e condições claras, para ter pensamentos “curtos e secos”.

Nas palavras de Jamie Sams: Esta direção está relacionada com o Vazio, suas respostas vem da escura caverna do Urso. A capacidade de exercer a interiorização e a introspecção faz parte da energia feminina, que é uma energia mais receptiva. O ventre da mulher é o lugar  onde todas as idéias, assim como todos os bebês são alimentados. A escuridão do ventre fértil da mulher é o lugar onde cada um de nós teve o seu começo. (assim esperamos que continue!!!).

O Oeste nos fala da capacidade de concretizar nossos objetivos e do pleno reconhecimento de nossas forças interiores. Tudo aquilo que o futuro nos reserva está sempre no Oeste, o lugar do nosso amanhã.

Deixe uma resposta

Show Buttons
Hide Buttons