Princípios de relacionamento correto; um manual de espiritualidade nativo

Princípios de relacionamento correto: um manual de espiritualidade nativo

Tradução :The Old Buzzard:Pace Nature’s Sanctuary

Essas regras são baseadas e descritas na “A Árvore Sagrada”, criadas por um grupo inter-tribal nativo como um manual de espiritualidade nativo para os povos indígenas de todas as Américas.Através da orientação de chefes tribais, os valores nativos são ensinados como a chave primária para libertar a força que você vai passar no seu caminho de auto-desenvolvimento.

Os anciãos profetizaram que o retorno a valores tradicionais das sociedades indígenas pode transformar o mundo. Se você praticar os princípios descritos sua vida será mudada para sempre. São valores fundamentais não só para nativos e sim para todos.

Hartshorn Nature’s Sanctuary Pace, Missouri (MO) 65.479

 

Princípios de relacionamento correto

Estes princípios descrevem o que significa Sabedoria no relacionamento entre as pessoas, na família e na vida da Comunidade.

São jóias cintilantes da experiência praticada por povos nativos em todos os lugares. Estes princípios representam nosso caminho através da vida e até a Grande Montanha do Lago Sagrado.

1. Cada manhã ao levantar-se, e todas as noites antes de dormir, dar graças pela vida dentro de você e para toda a vida, pelas coisas boas que o Criador lhe deu e aos outros, e para a oportunidade de crescer um pouco mais a cada dia. Considere seus pensamentos e ações do dia passado e busque a coragem e a força para ser uma pessoa melhor. Busque aquilo que irá beneficiar a comunidade e todos.

2. Mostrar respeito. Respeito significa sentir ou mostrar honra ou amor por alguém ou alguma coisa, considerar o bem-estar e tratar algo ou alguém com deferência e cortesia. Mostrar o respeito é uma lei básica da vida.

  • Tratar com respeito todos os seres, desde o mais ínfimo, o humano, o filho, o mais velho, planta, mineral ou água, a todo o momento. Cuide de ferramentas e outros itens, respeitando a energia usada para fazê-los.
  • Um respeito especial deve ser dado aos detentores da sabedoria, e os pais e líderes.
  • Nenhuma pessoa deve sentir-se “para baixo por você”; evitar ferir corações como você evitaria um veneno mortal.
  • Não toque nada que pertence a outra pessoa (e especialmente objetos sagrados), sem um entendimento entre vocês.
  • Respeite a privacidade de cada pessoa. Nunca se intrometa em momentos tranquilos de uma pessoa ou um espaço pessoal.
  • Nunca ande entre as pessoas que estão conversando. Nunca se intrometa em conversas sem saber se é bem-vindo. Se você vier a conhecer pessoas, respeite a sua privacidade. Seja simpático.
  • Nunca interrompa as pessoas que estão conversando a não ser que peçam para ficar
  • Falar em voz baixa, especialmente quando você está na presença de detentores de sabedoria, estranhos ou outras pessoas a quem respeito especial é devido.
  • Nunca fale sobre os outros de uma forma negativa, estando eles presentes ou não.
  • Trate-a Terra e todos os seus aspectos como a sua mãe. Mostre profundo respeito pelo mundo mineral, vegetal mundo e mundo animal.
  • Não faça nada para poluir o ar ou o solo. Se percebe outros destruindo nossa Mãe-Terra, levante-se com sabedoria para defendê-la.
  • Mostre profundo respeito pelas crenças e religiões dos outros.
  • Ouça com cortesia que os outros dizem, mesmo que se sinta que o que eles estão dizendo que é inútil. Ouça com o coração.
  • Trate todos os objetos feitos pelo homem com cuidado e atenção, respeitando os recursos, materiais, conhecimento, cuidado e trabalho necessário para construí-los.

3. Respeite a sabedoria das pessoas do Conselho. Depois de dar uma idéia para uma reunião o conselho já não lhe pertence, pertence ao povo. Tenha o respeito de escutar atentamente as ideias dos outros no Conselho, mesmo as que insistem em que suas idéias não prevaleçam. Na verdade, você deve apoiar livremente as idéias dos outros, se elas são verdadeiras e boas, mesmo que essas idéias são muito diferentes das suas. O confronto de idéias, muitas vezes traz à tona a centelha da verdade. Uma vez que o Conselho tenha decidido algo em unidade, exige o respeito de que ninguém falará secretamente contra o que foi decidido. Se o Conselho cometeu um erro, este erro vai se tornar evidente para todos a seu próprio tempo.

4. Seja verdadeiro em todos os momentos e em todas as condições. Lembre-se, as mentiras vêm em diversas formas: não dizer toda a verdade, omissão, falha de fazer o que prometeu e não seguir as regras e os acordos que você fez.

5. Sempre tratar os clientes com honra e consideração. Dê o seu melhor alimento, a melhor cobertores, melhor parte do seu alojamento, e seu melhor serviço aos clientes. Nas refeições, pratos devem sempre passar no sentido horário e sempre ofereça aos hóspedes e aos anciãos os alimentos antes de servir-se. Nunca tome o último de qualquer prato, sem oferecer primeiro para convidados. Às crianças são servidas após as refeições dos adultos e jovens.

6. A mágoa de um é a mágoa de todos, a honra de um é a honra de todos.

7. Receber estranhos e estrangeiros, com um coração amoroso e como membros da família humana.

8. Todas as raças e tribos do mundo são como flores coloridas diferentes de um prado. Todas são lindas. Como filhos do Criador, todos eles devem ser respeitados.

9. Servir os outros, ser de alguma utilidade para a família, comunidade ou o mundo é um dos principais propósitos para os quais os seres humanos foram criados. Não encha-se com seus assuntos esquecendo a sua tarefa mais importante. A verdadeira felicidade vem apenas para aqueles que dedicam suas vidas ao serviço dos outros.

10. Observe moderação e equilíbrio em todas as coisas.

11. Saiba aquilo que te leva ao seu bem-estar, e o que leva à sua destruição.

12. Escute e siga a orientação dada ao seu coração. Espere orientação para vir de várias formas, em oração, nos sonhos, nos momentos de solidão e nas palavras e ações de sábios anciãos e amigos. Ganhar compreensão dos ensinamentos sagrados é uma viagem eterna. É a nossa oração profunda, que o Grande Espírito (Deus) irá abençoar e guiar a cada passo nesta jornada para uma visão maior de cada beleza, verdade, amor, sabedoria e justiça.

Na Luz das Virtudes,

2010 – O ANO DOS RELACIONAMENTOS

Léo Artése

ENTRE EM CONTATO

Envie um e-mail para a equipe do Site




©Desenvolvido por Agência Rumi

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?