Práticas da Aromaterapia

Meditando e respirando os aromas

Com base na obra de Marietta Till – A Força Curativa da Respiração – Ed. Pensamento

Respiração com ênfase no olfato

Sentado

Fechamos uma das narinas com o indicador e inspiramos com a outra narina, como se estivéssemos “farejando“ , mas não rápido demais. Enquanto isso, imaginamos intensamente um aroma que deve ter um determinado efeito, como por exemplo, café moído na hora (faz despertar), menta , limão (refrescante) , lavanda, sálvia (calmantes).

Em seguida, expira-se pela mesma narina, novamente de maneira intermitente. Inflamos um pouco as narinas a fim de dar maior intensidade ao aroma.

Podemos também ir mais longe e aplicar a aromaterapia de maneira mais prática, pondo uma gota de óleo essencial numa das mãos e, cheirando com prazer, aspiramos profundamente o aroma pelo nariz. Sabemos que esses óleos tem maior efeito terapêutico do que a infusão da mesma planta, porque o ato de cheirar leva a ação do aroma para o cérebro, que governa as nossas funções corporais.

Não se deve esquecer de fazer uma pausa entre uma inspiração e expiração e vice-versa. Fazer o exercício três vezes para cada lado.

Imaginamos : “Estou desperto e vivo . “ ”Estou tranqüilo e descontraído. “ “ Estou à altura da minha tarefa.

Respiração refrescante

A língua, enrolada no sentido longitudinal, é esticada bem para fora. Através dessa espécie de tubo, sorvemos suave e gostosamente o ar; detemo-nos um pouco e , em seguida, expiramos normalmente pelo nariz. Ao mesmo tempo, imaginamos um aroma refrescante ( limão, laranja, menta ) , mas podemos igualmente por uma gota dessas substâncias sobre a língua.

Fazer o exercício de três a cinco vezes.

Efeito : frescura quando o ar estiver muito quente; combate à agitação, à ira e ao aborrecimento.

Imaginamos : “Sinto-me refrescado e distante das coisas”.

A massagem aromaterápica

aromaterapia

Quando usamos óleos para massagear, além de garantirmos a maior penetração na pele, há o efeito da própria massagem em si, e o efeito energético do toque.

Existem várias técnicas de massagem que podem ser utilizadas com óleos, a massagem indiana, shiatsu, interativa, energética, reflexologia.

Não vamos tratar dessas técnicas, pois as massagens podem variar de ritmos e movimentos mais leves, suaves e rítmicos a golpes mais pesados e amassamentos, trações, acupressuras, cada técnica com um objetivo bem definido.

Neste caso o objetivo é maximizar a terapêutica dos óleos essenciais, para tanto usaremos o mais suave dos movimentos a que chamamos de deslizamento, e amassamentos e compressões leves.

Deslizamentos – Devem ser suaves e superficiais, mesclados de movimentos mais profundos indo e vindo como um caminho de volta com as palmas das mãos. Melhoram a circulação venosa, descongestionando veias, acelera a circulação linfática e, principalmente tem efeito relaxante, acalmando os nervos .

Compressão – consiste em comprimir o músculo e depois soltá-lo, enquanto a outra mão faz a mesma coisa. Você deve usar as duas mãos inteiras. Faça amassamentos como se estivesse amassando um pão de forma lenta, suave e rítmica, sem tirar uma das mãos do corpo do paciente. Esse movimento melhora a circulação, facilita a eliminação de toxinas e reduz a fadiga.

Fricção – massagens profundas feitas de forma circular com a palma da mão, a polpa dos polegares e os dedos. Ajuda a eliminar o excesso de líquidos e estimula a circulação, ajuda a dissipar gordura e nódulos de tensão localizados .

Crie um clima aconchegante num ambiente tranqüilo. Você pode usar uma musica calma para aumentar o clima de relaxamento. Verifique se o paciente está deitado em posição confortável com a coluna reta.

Coloque um óleo essencial no difusor.

Prepare antecipadamente os aromas do óleo para massagem, de acordo com o caso do paciente. Passe sempre os óleos em suas mãos e não direto no paciente . Suas mãos e que devem levar o óleo ao corpo do paciente. Esfregue as mãos uma na outra. Comece a massagem com o paciente de barriga para o chão . Você irá começar a deslizar nos pés.

Comece deslizando em toda a planta dos pés fazendo uma compressão delicada em todos os dedos.

Sempre untando as mãos com os óleos comece a subir pelas pernas fazendo movimentos circulares até as coxas. Desça com a mão suavemente em movimentos circulares repita 5 ou 6 vezes o movimento. Fazendo também nas coxas uma série de amassamentos.

O ideal é começar com as pernas do tornozelo até o joelho e então trocar indo para a coxa esquerda e depois a direita. As nádegas podem ser massageadas com mais vigor, através de amassamentos e percussões ( pequenos tapinhas ).

Apoie as mãos na base da coluna, com os dedos voltados para os ombros e deslize suavemente pelos dois lados da coluna vertebral até a escápula (omoplata ) voltando ao ponto inicial. Repita movimento 4 a 5 vezes.

Empurre as mãos pelo meio da espinha e quando chegar próximo a cervical separe as mãos para a direita e esquerda fazendo um movimento circular na escapula. 4 ou 5 vezes.

Com as palmas das mãos você vai subir a mão esquerda lateralmente ao lado esquerdo da coluna , ao mesmo tempo que a mão direita faz o mesmo movimento na lateral direita do paciente. Subindo e descendo com suavidade por 4 ou 5 movimentos.

A região dos ombros, por ser mais tensa deve ser amassada como uma massa de pão suavemente . Deslize as duas mãos em toda a extensão das costas do paciente formando um grande 8 . Desça dos ombros para a região lombar com ambas as mãos uma em cada lateral das costas descrevendo vários pequenos círculos.

Peça para o paciente virar de costas para baixo.

Deslize em toda a extensão dos pés até os joelhos. Ao chegar nos joelhos faça fricções circulares .

Nas coxas faça amassamentos , fricções e rolamentos ( segurar as coxas com ambas as mãos e fazer movimentos de vai e vem como se estivesse parafusando e desparafusando. Na altura onde o peito começa (diafragma) coloque as duas mãos e massageie de cima para baixo lateralmente e depois na direção do umbigo.

Faça movimentos circulares por todo o abdome .

Os mesmos movimentos das costas servirão para o peito, lembrando no caso do paciente for mulher, não é necessário tocar os bicos dos seios . ( os bicos dos seios somente são tocados em massagens sexuais ).

Após terminado o peito massagear ambos os braços e mãos com amassamentos e compressões.

Para finalizar deslize suavemente as mãos pelo rosto começando pelo queixo , orelhas, maças do rosto. Faça pequena pressão com os dedos por todo e couro cabeludo.

Passe um pouco mais de óleo nas mãos e deslize pela testa .Aqueça as mãos friccionando uma nas outra e leve uma das mãos para a testa e outra para o umbigo.

Deixe suas mãos por alguns segundos enquanto deseja ao paciente muito amor, paz, e luz.

Bibliografia e leitura recomendada

* Guia Prático de Aromaterapia – Shirley Price – Editora Siciliano

* Aromaterapia Mágica – Scott Cunninghan – Edaf – Madrid

* A Arte da Aromaterapia – Robert Tisserand – Ed. Roca

* Aromaterapia – A Cura Pelos Óleos Essenciais – Marcel Lavabre – Ed. Nova Era

* A Utilização Ritual e Mágica dos Perfumes – Richard A. Miller e Iona Miller – Nova Era

* Terapia Aplicada Através de Óleos Essenciais – Tetrazini M.C.R.Dos Anjos – E.Roka

* Aromaterapia Para Amantes – Maggie Tisserand – Ed. Ibrasa

* O Livro Da Aromaterapia – Jeane Rose

* A Força Curativa da Respiração – Marietta Till – Ed. Pensamento

ENTRE EM CONTATO

Envie um e-mail para a equipe do Site




©Desenvolvido por Agência Rumi

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?