Ecologia Sagrada – Ecologia xamânica- Ecoxamanismo

Ecologia Sagrada – Ecologia xamânica- Ecoxamanismo

voo-aguia

O xamanismo resgata a relação sagrada do homem com o planeta. O resgate dos festivais sazonais (Solstícios e Equinócios), por exemplo, não marcam apenas a jornada do Sol, mas também os pontos críticos das estações, o ciclo agrícola, nossas emoções, hábitos. Essas “Forças Verdadeiras”, acessadas desde o princípio na história espiritual da Terra, são resgatadas através dos séculos e podemos senti-las atuando em todos os momentos.

Podemos sentir a ligação profunda que a natureza tem com a vida nos tornarmos parte de uma comunidade global, alçamos o Vôo da Consciência em busca de novos horizontes, novas conquistas, de um novo ser, de uma nova vida. O início de uma vida pautada na sabedoria encontrada nas folhas, nos movimentos dos ventos, no poder transformador do fogo, nos espíritos ancestrais, na jornada da alma, na missão.

Infelizmente, as grandes religiões não tem tempo para a ecologia espiritual,assim como a cultura e o modelo de pensamento consumista atuante.O homem foi negando seu relacionamento natural e as religiões se preocupam em exaltar crenças inspiradoras, preparam os fieis para uma vida melhor após esta, um mundo melhor, e com muito pouca exceção, lembram que a nossa Mãe Terra é o melhor lugar para vivermos as nossas vidas carnais, e o que fizermos hoje, irá comprometer a qualidade de vida para aqueles herdarão a Terra.

As Grandes Religiões inspiram e apontam para uma vida eterna fora deste planeta e pouco se preocupam em honrar as realidades do espaço sagrado em que vivemos.

Muitos vivem, atualmente, com uma sensação de separação, de isolamento, um sentimento de que deva existir um sentido maior na vida. Os rituais xamânicos podem trazer a consciência de somos apenas um “microcosmo”, de que somos parte de “algo maior”, de que somos filho da Terra, parte de uma Terra Viva.

Sol, a Lua e as Estrelas, segundo Gênesis, são os iluminadores do firmamento, criados para iluminarem a Terra. Representam a Luz Criadora, a Luz Refletida, e a Luz Revelada. O Sol participa da criação da Terra, é a Evolução Criadora. Alua Ilumina a escuridão da vontade humana, a matéria. As Estrelas orientam valores e verdades, espaço e tempo.

Nos primórdios da humanidade, o homem para garantir sua sobrevivência num ambiente hostil, cheio de perigos e vivendo em contato constante com as forças da naturais, o Sol, a Lua, Estrelas, observavam cuidadosamente os sinais e as mudanças da natureza a seu redor e a viagem da Terra ao redor do Sol como uma roda, o eterno ciclo de nascimento, crescimento, maturidade envelhecimento, morte e decomposição e, novamente renascimento, refletido na vida humana e na natureza.

Um conto nativo diz que o Criador do Céu e a Terra, pegou água com sua boca e esguichou no Céu criando as estrelas, mas elas não tinham luz suficiente. Então ele quebrou um cristal em minusculas partículas e ao se juntarem com a água, produziram luz suficiente.

Sol, Lua, Estrelas, desfilam no Céu, cruzam acima da Terra pelo Leste até o Oeste, um ciclo natural sem fim. O Horizonte divide Terra e o Céu, e forma um dos muitos círculos da vida. Nós vivemos sempre expandindo círculos e esferas de relacionamentos. O que está fora está dentro. O que está encima está embaixo. O macrocosmo e o microcosmo.

Ecologia xamânica

Vejo o xamanismo como a Religião da Terra. Tudo o que é natural na Terra é vivo e tem consciência. O homem perdeu o sentido do Sagrado, esqueceu-se que a Terra é a Nossa Mãe. O pior é que desconhece os efeitos das ações irresponsáveis que pratica com a natureza. Não tem consciência dos crimes que comete por interesses econômicos.

Nós, do xamanismo, chegamos novamente, para defender nossa Mãe-Terra , guerreando silenciosamente, através de preces e vibrações, procurando plantar uma semente de amor nos corações daqueles que não reconhecem sua Mãe, daqueles que lutam por um mundo ilusório, daqueles que não percebem as belezas da Criação. Sabemos que a melhor maneira de agradar o Criador, é respeitando, honrando, e preservando a sua Criação.

ecologia-xamanica

A Terra é um ser vivo. A Mãe que alimenta todas as criaturas. A Terra supre com suas substâncias o nosso corpo físico. Como toda a Mãe, ela provê todas as necessidades de suas crianças, generosamente. Todas as criaturas que andam, nadam, rastejam, correm, voam, insetos, pedras, plantas; também são suas crianças. Desde que todas as coisas vivas, dividem a vida na Terra com os humanos, nascendo na mesma Mãe Terra, concebidos da mente do Criador, devemos honrá-las conscientes de sua missão no Plano Universal e nos harmonizarmos com todas elas para andarmos em equilíbrio na Nossa Mãe. Nós do xamanismo, verdadeiramente amamos a Terra e todas as suas crianças.

A Terra supre com suas substâncias o nosso corpo físico. Como toda a Mãe, ela provê todas as necessidades de suas crianças, generosamente. Todas as criaturas que andam, nadam, rastejam, correm, voam, insetos, pedras, plantas; também são suas crianças.

Desde que todas as coisas vivas, dividem a vida na Terra com os humanos, nascendo na mesma Mãe Terra, concebidos da mente do Criador, devemos honrá-las conscientes de sua missão no Plano Universal e nos harmonizarmos com todas elas para andarmos em equilíbrio na Nossa Mãe.

Quando baseamos nossa vida nesse entendimento, quando reconhecemos as plantas, animais e minerais, como nossos parentes, nós restabelecemos nossa conexão natural com todos os seres vivos. Não nos sentimos mais isolados quando vemos a natureza de forma diferente, não apenas algo de uso pessoal e experimentamos a Terra como um Lugar Sagrado. Quando adquirimos a sabedoria da natureza, nos alinhamos com a magia natural e somos fortalecidos pelo seu poder. Nós recebemos a sabedoria ancestral da Mãe-Terra, e nos alinhamos com ela, podendo ser amigos dos espíritos que vivem na natureza.

Quando nos conectamos com essa extensa família da natureza, aprendemos a alinhar nossas energias para receber sua sabedoria e nos transformamos. Transformamos nossa relação com os outros, transformamos nossa relação com o mundo.

Nos sentimos guardiões da Mãe –Terra. Resgatamos a profunda conexão do homem com a Terra, aprendemos a honrar todas as formas de vida, pois onde há vida, está Deus. Compreendemos que todos os seres vivos possuem sua missão no Plano Universal, desde insetos, plantas, pedras, animais, até nós, seres humanos de duas pernas.

Por sentirmos Deus nas diferentes formas de energia, consideramos Sagrada cada uma delas. Cada planta, cada pedra pode transmitir-nos ensinamentos de cura, aprendemos a decifrar as mensagens que vem dos ventos, reconhecemos que fazemos parte de uma Grande Família Universal, que a Terra é nossa Mãe, nutrindo-nos, sustentando-nos, recebendo-nos a cada vida e nos acolhendo a cada morte.

Várias tradições xamânicas esperam por um novo tempo que virá com o retorno dos antigos xamãs que reencarnariam em outros povos, com outra linguagem, com outra cor de pele, transmitindo a linguagem do Amor Universal, promovendo o reencontro do homem com o Sagrado, para que possamos todos juntos Caminhar na Beleza e na harmonia com cada ser vivo, caminhar em equilíbrio na nossa Mãe –Terra.

No xamanismo busco minha verdade na Criação Divina, o mapa do caminho está escrito em cada vegetal, nas mudanças de estação, nas portas de cada direção cardeal, no movimento dos ventos, nos hábitos e talentos de cada animal, nas gravações de cada pedra, com a iluminação e calor do Sol, nos mistérios das fases da Lua, nas trilhas das Estrelas.

Procuro harmonizar-me com a Criação, para poder alcançar o Criador. Nós que praticamos o xamanismo, temos a responsabilidade de zelar pela Mãe – Terra e por todas as suas Crianças, temos a missão da cura planetária, tanto no tocante a qualidade ambiental, como energética e espiritual. Jamais poderemos ser absolutamente saudáveis se vivermos num Planeta doente, nunca teremos paz enquanto irmãos estiverem em guerra, não evoluiremos se não fizermos a parte que nos cabe.

Deus criou o Mundo em 7 dias, mas a “ Obra da Criação “ se perpetua através do homem.

A cada dia estamos criando um Mundo Novo, através da cadeia de pensamentos, palavras e atos. O que estivermos fazendo à Terra, estaremos fazendo a nós mesmos e a nossos filhos. Respeitar a Terra é respeitar seu Criador.

Que essa corrente de consciência se expanda cada vez mais na linha da Luz, para que possamos influenciar na paz, os líderes e governantes desse Planeta.

ENTRE EM CONTATO

Envie um e-mail para a equipe do Site


©Desenvolvido por Agência Rumi

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?