Célula-Mater – Sibéria

  Xamanismo Siberiano O termo xamanismo, criado por antropólogos, é um guarda chuva que compõe todas as práticas ancestrais que mantém relação com o Sagrado, divindades, espíritos, estados alterados de consciência. Mas, estudos mostram que o xamanismo sobreviveu desde a época do paleolítico. Nada impede de pensar que AS TRADIÇÕES SÃO MUITO MAIS ANTIGAS AINDA. Segundo *Alex de Montial*, uma das mais antigas descrições do xamanismo da humanidade foi feita no século XIII por caçadores

Ler mais

Mesa Andina / Oferendas

MESA ANDINA A “mesa” andina contém ao mesmo tempo o centro de uma cosmovisão ancestral e atual. Os objetos são importantes no altar pessoal, são componentes de um centro de poder onde trabalhamos e plasmamos a energia mágica e mística. Os objetos rituais são como que portais que “enganam”, driblam, adormecem os filtros conscientes da mente para que se abra o coração e o espírito. Também são uma representação da nossa cosmovisão pessoal, e afinidade

Ler mais

Pajelança

  Pajelança – O Xamanismo Brasileiro   É provável que a palavra Pajé venha da raiz pa-y = profeta, adivinho, curador, sacerdote, xamã. O termo pajelança é aplicado nas manifestações xamânicas dos índios brasileiros. Pode ser divido em pajelança indígena (rituais indígenas) e pajelança cabocla, que são praticas religiosas (não indígenas) mais comuns no Norte e Nordeste brasileiro. Há anos atrás, o amigo Walter Vetillo foi a Belém fazer uma reportagem para a Revista Planeta,

Ler mais

Xamanismo Yanomani

O xamanismo é, juntamente com seu sistema ritual funerário e guerreiro, um dos pilares culturais da sociedade yanomami. As sessões xamânicas, individuais ou coletivas, constituem uma atividade ao mesmo tempo regular e espetacular e a maior parte das casas coletivas (aldeias) conta com vários Xamãs. Os Yanomami costumam dizer que um futuro xamã é, desde a infância, habitado por estranhos sonhos induzidos pelos espíritos que fixam seu olhar sobre ele. Ao tornar-se adulto ele deverá,

Ler mais

Glossário Xamanico

  A Aho: termo nativo-americano. Significa; com efeito, Amém, que assim seja, sim…..e outros do gênero. Alfa: Estado profundo de relaxamento. Aliados: Entidades que podem agir em nome de um buscador. Desde que os aliados não são limitados por nossa compreensão tradicional de espaço/tempo. Uma outra definição de um aliado pôde ser a essência viva de plantas de poder, animais, pedras. Alma: Principio Vital. Sopro de Vida de todo 0 animal. o ego que se

Ler mais

Mundo em seus olhos

Segue a tradução da Narração do Álbum The World in your eyes por J. Reuben Silverbird, que retrata uma visão nativa da Criação O MUNDO EM SEUS OLHOS A Nação americana foi separada pela geografia e linguagem. Ainda eles dividem muitas opiniões, mitos e lendas sobre o começo do mundo, e o respeito pelo meio ambiente da Mãe Terra e suas criaturas.   Yata-Hey ! Tire todos os pensamentos de sua mente e deixe-me levá-lo

Ler mais

Xamãs – Estranhos Poderes

*Texto extraído do Time-Life – Poderes da Mente* *OS ESTRANHOS PODERES DOS XAMÃS*   Atualmente, a suposição de que há poderes misteriosos, tende a ser vista com uma boa dose de ceticismo. Muitas culturas, porém, aceitam o contato com as forças sobrenaturais sem questioná-las. Desde a aurora dos tempos, as sociedades tribais veneram indivíduos que supostamente possuem a capacidade de comunicar-se com espíritos e divindades. Chamados profetas, curandeiros ou médicos – mas, de um modo

Ler mais

Chefe Seattle

  Em 1854 o Chefe Seattle redigiu uma carta ao presidente norte americano Franklin Pierce época em que fez uma proposta para comprar as terras de sua tribo, que retrata o amor e o respeito que os nativos sentem pela Terra: “O Grande Chefe de Washington mandou dizer que deseja comprar a nossa terra. O Grande Chefe assegurou-nos também de sua amizade e benevolência. Isto é gentil de sua parte, pois sabemos que ele não

Ler mais

Jaguar Dourado – Wagner Frota

  Aloha! A medicina nativa é uma das mais ricas e fascinantes heranças culturais da América Latina. Atualmente, principalmente no meio rural, milhares de pessoas procuram os curandeiros para aliviar seus sofrimentos, angustias e enfermidades. Transmitido de geração em geração, através da tradição oral que manteve viva essa bagagem de conhecimentos de milhares de anos. É importante que o Estado e instituições privadas, resgatem e mantenham o legado dessa primogênita alternativa de cura porque, entre

Ler mais

Os Guerreiros do novo milênio

  Palestra para o Grupo Qualidade de Vida – Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, 17 de maio de 2001   Desenvolvimento de lideranças à luz do xamanismo: Os guerreiros do novo milênio por Rogério Bari Meri   e   Anne Marie Zemgulis   O xamanismo está sendo redescoberto atualmente como uma grande fonte de valores, conceitos e técnicas de desenvolvimento que possibilita a reavaliação e reorganização de estruturas. O conceito de liderança neste novo

Ler mais

Xamanismo Aplicado

Léo Artese: Neste momento deixe de lado idéias pré-concebidas. Tente ir além do raciocínio para chegar até aquela parte de você que te conduziu para este site e para a leitura desta página. Estou me referindo à necessidade de *buscar* a expansão da sua consciência, seu “Espaço Sagrado”, onde você se reconhece como Ser Universal, que pede por clareza, que sabe que precisa transformar a sua vida, conhecer o propósito de sua alma. Isto é

Ler mais

Rogério Bari Meri

O termo xamanismo é de origem siberiana, baseado no conceito do ‘saman’, que identifica aquele que não perdeu a integração. O xamanismo tem a sua origem na pré-história, quando nossos ancestrais  decidiram vencer todos os obstáculos impostos no caminho da evolução. Através da integração com o meio ambiente, confiança e determinação descobriram as fórmulas que iriam garantir a sua sobrevivência. Não possuíam ferramentas, armas, nem tecnologia, mais com a necessidade de vencer e sobreviver, criaram

Ler mais

Leonardo Boff

Entender a realidade como teia intrincada de relações, como vimos em nosso artigo anterior, é situar-se no seio daquela experiência que permitiu a moderna cosmologia falar de espírito. Nisso ela coincide com as tradições transculturais da humanidade. ‘Spiritus’ para os latinos, ‘pneuma’ para os gregos, ‘ruah’ para os hebreus,’mana’ para os melanésios, ‘axé’ para os nagô e iorubá da África e seus descendentes nas Américas, ‘wakan’ para os indígenas dakotas, ‘ki’ pra os povos da

Ler mais

Roger N. Walsh

O termo xamã, vem da palavra ‘saman’ do povo tungu, natural da Sibéria, e significa “alguém que está em êxtase, comovido, elevado”. Pode ter suas raízes em um antigo vocábulo hindu que queria dizer: aquecer-se ou praticar austeridades, ou em outro verbo tungu, que significa conhecer. Seja qual for sua origem, o termo xamã tem sido amplamente adotado pelos antropólogos para fazer referências a grupos específicos de curadores em variadas culturas que, as vezes, são

Ler mais

Terence McKenna

O xamanismo deve representar em qualquer renascimento autêntico das formas arcaicas vitais de ser, viver e compreender. O xamã consegue entrar num mundo que está oculto para quem vive a realidade comum. Nessa outra dimensão se escondem tanto poderes úteis quanto malévolos. Suas regras não são as regras de nosso mundo; parecem mais as regras que atuam nos mitos e nos sonhos. Os curandeiros xamânicos insistem na existência de um Outro inteligente em alguma dimensão

Ler mais

Sandra Ingerman

Ao redor do mundo e através de muitas culturas, uma pessoa que lida com o aspecto espiritual da doença é um xamã. Cabe a ele diagnosticar e tratar as doenças, lidar com informações divinas, se comunicar e interagir com o mundo-espírito e, ocasionalmente, agir como condutor psíquico, ou seja, uma pessoa que ajuda as almas a cruzar os confins para o outro mundo. A palavra Shaman, originária na tribo tungus da Sibéria, aplica-se tanto à

Ler mais

Patrick Drouot

Na metade dos anos 60, o xamanismo interessava fundamentalmente aos especialistas da psicologia transpessoal – uma disciplina de vanguarda que procurava estudar os estados de consciência mística veiculados pelo conjunto das tradições da humanidade. Para os antropólogos, etnólogos e historiadores das religiões, o xamanismo era uma forma primitiva de religião, suplantada e superada pelas culturas hierarquizadas modernas. Há cerca de 20 anos, os livros de M. Harner e Castañeda (especialmente este) abriram a consciência de

Ler mais

Paul Devereux

Do fundo universal mágico-espiritual do animismo e do totemismo surgiu o fenômeno religioso catalisador do xamanismo. O xamã era um intermediário entre o mundo espiritual da natureza e a tribo. Através do que Eliade chamou “técnicas arcaicas de êxtase”, o xamã entrava em transe, ou estados alterados de consciência, e viajava para mundos do espírito, em busca da informação requerida pela tribo, para reclamar as almas errantes ou arrebatadas dos membros da tribo doentes, para

Ler mais

Mario Mercier

A Magia natural, à semelhança daquela das crianças antes de sofrerem o condicionamento dos adultos, é uma forma de ver e de sentir o mundo. Esse mundo é, de resto, de uma multiplicidade incrível. Pode ser visto e vivido segundo o nível de consciência com que seja observado. Tudo nele pode parecer real ou ilusório. Ele é como um repouso em movimento. Quem quer que acorde o mundo de maneira fixa é morto. Viver é

Ler mais

Leo Rutherford

O xamanismo é a mais antiga forma que a humanidade teve para se conectar com a Criação. As origens do xamanismo datam de 40.000 à 50.000 anos, na Idade da Pedra. Tudo o que nós temos envolvem  culturas xamânicas – xamanismo não é importado, ele é nossas raízes enquanto estamos vivos. Antropólogos tem estudado xamanismo nas Américas; do Norte, Central e Sul. Na África, entre os povos aborígenes da Austrália, entre os Esquimós, na Indonésia,

Ler mais
Show Buttons
Hide Buttons