login

Céu da Lua Cheia

Hinário da Águia

Hinário da Lua Cheia

SONGBOOK - HINÁRIO LUA CHEIA

Santo Daime

Doces Lembranças

Artigos, Textos.......

Hinários / Festejos

CEFLULUC - Céu da Lua Cheia

Seguimento...

Ritual de Lua Cheia

CARTA DE PRINCÍPIOS

CALENDÁRIO 2013

Sítio Lua Cheia

Como participar

BOAS NOTÍCIAS

Fatos & Fotos




mural

Topic list: Capa.WebMensagem001, Capa.WebMensagem002, Capa.WebMensagem003, Capa.WebMensagem004, Capa.WebMensagem005, Capa.WebMensagem006, Capa.WebMensagem007, Capa.WebMensagem008
Number of Tips: 8
Random Number: 6
Web.Topic: Capa.WebMensagem006
Dot pos: 5
Web: Capa
Topic: WebMensagem006
Full URL:  

O importante na missão
É saber quem você é,
Por que você está aqui,
Aonde você tem que ir,
Agora mesmo aonde está,
E o que precisa prá chegar.
Léo Artése



lojinha

Seguimento...

Na madrugada do meu fardamento às 3:00, na casa do Ricardo, recebi o meu primeiro hino : Coroando no Astral.

Em 1992, eu viajava para fazer a maioria dos trabalhos oficiais e concentrações. Também frequentava a Igreja Flor das Águas, dirigida pelo antropólogo Walter Dias, no município do Embú das Artes (depois mudou-se para Itapecerica da Serra) e também no Flor de Luz dirigido pelo Padrinho Jonas. A partir da mudança do Pad. Alex Polari para o Céu do Mapiá, por motivos de comodidade, passei a fazer também os trabalhos espirituais nas igrejas paulistas.

img

Flor das Águas - Visita da Comitiva - 19-20/08/1993

Independentemente da Doutrina, como estudante de xamanismo, além de fazer experimentações com outras plantas de poder, recebia um pouco de Daime, de Marco Imperial e Vera Fróes, dirigentes e padrinhos da Igreja Rainha do Mar em Pedra de Guaratiba - RJ, para fazer meditações xamânicas com um grupo de amigos. Naquela altura já tinha recebido de Dom Mateo Arévalo, Xamã Shipibo da comunidade de San Francisco, Pucalpa - Perú, as bençãos, arcanas medicinais (escudos energéticos), e um pouco de ayahuasca, para realizar sessões aqui no Brasil. Com esse Daime, eu fazia meditações com tambor, pedras, tabaco com alguns amigos, além do calendário da Doutrina.

Nos momentos de intervalo, eu aproveitava a força do Daime para cantar alguns de meus hinos na Estrela. As pessoas que ouviam, gostavam muito e começavam a chegar ao meu lado para cantar comigo, e começou a juntar gente. Até que uma das minhas amigas, uma advogada chamada Edna, veio ser uma espécie de porta voz de um pequeno grupo que mostrava interesse em cantar os meus hinos. Consultei o Marco sobre a possibilidade de aumentar a quantidade e ele consentiu, desde que se fizesse um rigoroso controle de consumo. E assim foi !

Eu aceitei o convite sob a condição de ser um trabalho xamânico (que eu tinha as bençãos e as arcanas) onde cantaríamos os hinos num determinado momento, nas noites de Lua Cheia, quando não houvesse trabalho oficial da doutrina. O trabalho tinha uma arquitetura ritualística onde consagrávamos o sacramento, ficávamos em silêncio ouvindo músicas xamânicas e tambores. Num dos despachos, fazíamos um espaço livre para as pessoas deitarem, andarem, abraçar uma árvore, meditar. Em determinado momento da força fazíamos algumas meditações dirigidas, um ritual do tabaco, a cerimônia da Lua Cheia e cantávamos os hinos na segunda parte. Este foi a célula-mater do trabalho de Lua Cheia.

Os primeiros trabalhos foram realizados na Rua Mão Cheia – Butantã – residência de uma fardada filiada da Igreja Flor das Águas, a Christiane Costa, hoje Christiane Artése. Portanto, o Céu da Lua Cheia teve sua raiz, em 1992, quando foi realizado o primeiro “Trabalho de Lua Cheia” que se constituiu através de um grupo denominado “Grupo de Estudos Xamânicos”.

O que não me passava pela cabeça, era a intenção de fundar uma Igreja. Sentia que meu caminho era de realizar trabalhos xamânicos, fora dos calendários. Fazíamos os trabalhos sem farda para não dar nenhuma conotação oficial, etc. Uma parte do grupo insistia que eu entrasse mais e outra que eu me mantivesse de forma não oficial.

Começamos com 08 pessoas, passamos para 16, 25........foi tomando corpo...e foi indo, até a que por ocasião do II Encura, realizado no Céu da Montanha, em Mauá, o trabalho foi apresentado oficialmente à Comissão Nacional de Cura do CEFLURIS, e teve seu estudo aprovado, passando o grupo, a integrar-se ao sistema de distribuição oficial do sacramento. Inicialmente denominado “Grupo de Estudos Xamânicos&#8221, reunia-se nas luas cheias, para fazer meditações xamânicas, e as concentrações de 15 e 30. Outros trabalhos oficiais fazíamos na igreja Flor da Águas. Ainda assim, a idéia era apenas fazer as concentrações do 15 e30 e os Rituais de Lua.

Foi fundamental a presença do Sr. Pedro Dário neste processo, que realmente me aprumou para entrar definitivamente no calendário oficial e iniciar um passo mais sério, que era a formação de uma Igreja, tornando-se ele o nosso patrono.

Com o crescimento espontâneo do grupo, em 1994 constituiu-se oficialmente, através da orientação do CEFLURIS (Centro Eclético da Fluente Luz Universal Raimundo Irineu Serra), com sede no Mapiá-AM, o “Centro Estrela Guia” no bairro da Mombaça – Itapecerica da Serra - São Paulo, propriedade da irmã Nancy, que veio a se constituir no comando feminino. à partir dai assumimos todos os trabalhos oficais e rituais de Lua Cheia.

img

Mutirão de Construção "Estrela Guia". Sr. Luis (Da Onça) Campelo com a enxada

Fizemos o trabalho inaugural cantando o Cruzeiro do Mestre Irineu e parte de meus hinos em 10 de julho de 1994 (dia do meu anivesário) em Itapecerica da Serra, no bairro da Mombaça e depois mudamos para o Embú das Artes)

E foi na missa do dia de São Sebastião,do ano de 1998, que foi realizado o último trabalho do Estrela Guia. Os caminhos da Doutrina são feitos de mistérios e descobertas.

Como tudo começou na Lua Cheia......

img
Céu da Lua Cheia em Cotia

Em fevereiro de 1998, foi fundado o Céu da Lua Cheia. A data oficial que comemoramos nosso aniversário é 02 de fevereiro, dia de Yemanjá. Realizamos nossos trabalhos no Município de Cotia, até 6 fevereiro de 2.000. Em outubro de 2.000 adquirimos nossa sede própria em Aldeinha, município de Itapecerica da Serra-SP.

Uma área total de 20 hectares, aproximadamente à 12 km da represa de Guarapiranga e à 4 km do Parque do Morrão, Aldeinha, município de Itapecerica da Serra,São Paulo.

Localiza-se na Bacia Hidrográfica de Guarapiranga (quase na divisa com a Bacia Hidrográfica de Juquiá), que verte para a Região Metropolitana de São Paulo, RMSP. 0 sitio está dentro de uma área de preservação de mananciais

Nos 200.000 m2 de Mata Atlantica do Sítio Lua Cheia, iniciamos nosso projeto para a futura criação da Eco-Vila Lua Cheia, uma comunidade espiritual, em busca de uma maneira ecologicamente correta de ocupação e um plano de desenvolvimento comunitário (PDC).

Além do desenvolvimento dos trabalhos espirituais, temos como objetivos a conservação da diversidade biológica, a convivência harmoniosa entre todos os seres vivos que povoam o sitio (fauna e flora); a utilização sustentável de seus componentes e a distribuição justa e equilibrada dos recursos advindos deste uso, gerando conhecimentos, maior integração à natureza, expansão da consciência, paz, saúde e bem estar

Com vistas a promover a ocupação adequada do solo, nosso projeto tem como objetivo proteger os recursos hídricos, preservar a fauna e a flora existentes e promover atividades de educação ambiental e lazer para a população. O Projeto contempla construir moradias, espaços de vivências, recreação e educação ambiental, um centro cultural e terapêutico e um Templo ecumênico

Nosso primeiro movimento foi o de encontrar em mata fechada, um lugar para construirmos a Igreja. Saímos munidos com terçado e pêndulos para achar a melhor localização.

img

Primeiro trabalho no Sítio Lua Cheia - Itapecerica da Serra

Fizemos o nosso primeiro trabalho com um grupo pequenos de fardados no Altar das Pedras um lugar muito especial de nosso Sítio. Foi aí que chegou o Cidão de Xangô, nosso "véio" e meu tio, padrinho de batismo, meu iniciador no espiritismo.

Começamos com uma pequena Igreja no formato retangular, construída pelo nosso patrono Sr. Pedro Dário que cabia no máximo 120 pessoas e ficamos nela até 2.004.

img

Sr. Pedro Dário construindo a Primeira igreja do Céu da Lua Cheia

Realizamos os Hinários Oficiais da Doutrina Santo Daime/Cefluris, concentração nos dias 15 e 30 de cada mês, trabalhos de cura.

Em 2.004 construímos a "Igreja Oficial" do Cheia, novam,ente através da ajuda do Sr. Pedro Dário e da mão-de-obra fundamental dos irmãos Aloísio Corrente, Chico Leal, Nilmá e do moderno projeto do nosso irmão do Céu da Lua Cheia, Caio Bastos, que fez todo o projeto de construção do nosso Templo.

img
Céu da Lua Cheia - Visita do Pad. Alfredo em 2.006

E agora, continuamos nos construindo, por dentro e por fora. A Igreja antiga agora será adaptada para ser a "Casinha do Feitio". Construímos a Casa das Crianças, colocamos piso na Igreja e outras obras que nunca param, sempre buscando melhorar o conforto e a infra-estrutura, de forma sustentável e ecologicamente correta, para receber os irmãos que vão chegando e constituindo o futuro do Céu da Lua Cheia.

Desde abril de 2.005 a Associação Lua Cheia, através do "ESPAÇO" ( Centro de estudos de xamanismo Vôo da Águia), situado no bairro do Butantã - São Paulo, tem oferecido aos seus fardados estudos de xamanismo, oficinas de canto, atividades terapêuticas, reuniões e ensaios dos Hinários, reuniões de grupos de trabalho, anamneses com novatos além de proporcionar um espaço social para nossos fardados (aniversários, chás-de-cozinha, etc). O espaço também sediou a série de 3 trabalhos com o Grupo de Cura Regional, trabalhos com ayahuasca, nishi pae e outras.

img

Somos uma igreja filiada ao CEFLURIS e sob o comando de nosso querido Padrinho Alfredo Gregório de Melo. Também somos ligados por laços fraternos ao Céu da Montanha e aos meus queridos padrinhos Alex Polari de Alverga, Mad. Sonia Palhares e toda a família. Um amor sem explicações ! Considero-me, particularmente, um ramo dessa árvore que nasceu nas montanhas mágicas, cercadas pelas águas claras de Visconde de Mauá e embalada pelo carinho dos valorosos e experientes irmãos da comunidade.

Independentemente do calendário oficial da Doutrina, o grupo manteve-se sempre fiel ao estudo original, a Lua Cheia, paralelamente aos trabalhos oficiais e compromissos administrativos com a organização. A Cerimônia da Lua Cheia tem sido freqüentada por irmãos de vários centros do Brasil.

Quando paramos para examinar o progresso do grupo, desde o início, vemos que muitos desafios foram vencidos.

Lembrando e agradecendo os irmãos que chegaram e deixaram sua contribuição de amor e trabalho, tanto aqueles que permaneceram, como aqueles que, devido aos caminhos que a vida toma, seguiram para outros desafios. Meu profundo respeito aos irmãos que nos acompanham há tantos anos :

Para todos que ofendi
Aqui eu peço meu perdão
Meu irmãos e todos seres
Quem tiver qualquer razão.

e

Mesmo que estejas em outro lugar
a lembrança daqui
Irá lhe acompanhar

Agradeço à todos os que já passaram pelo Céu da Lua Cheia, desejando muita saúde, alegria, paz, amor, prosperidade e...boas lembranças !

Aqueles que ficaram sabem como enfrentamos dúvidas, medos, desânimos, descrenças, julgamentos, críticas...Dirigir um ponto requer muita fé, paciência e resistência para enfrentar dificuldades e provas em todas as dimensões da existência (espirituais, humanas). Todas as situações pessoais que nos são colocadas em nossa jornada são provas necessárias para evoluirmos, adquirirmos novas referências.

E hoje todos nós que continuamos o seguimento de nossos trabalhos, desde 1992, podemos hoje olhar para frente, com a cabeça erguida, com alegria e no fundo do coração, ver as curas, transformações, o progresso e dizer : Graças à Deus, valeu !

Temos pela frente a Nova Igreja, a formação de uma Comunidade, a recepção de tantos irmãos que vem chegando. A história continua e o sonho cada vez mais vivo.

img

" A minha mãe é a Lua Cheia....É a Estrela que me guia " (Mestre Irineu )

Viva o Santo Daime !

Viva o Céu da Lua Cheia !

Viva todos nós !

harmonia - Amor - Paz e Luz !

Léo Artése

  homepágina inicial  e-mail e-mail   e-mail