login

Aldeia Global

Irmãos do Caminho - Textos

Reencarnação

VERNON - A VOZ DA TRADIÇÃO LAKOTA

Chris

Entrevistas

Professor Mestre Armando Austregésilo

Carminha Levy

Claudio Quintino Crow

Centros de Xamanismo

Websites

Filmes

Livros

Héctor Othón Astro

Serviço de Astrologia

Lua na Astrologia

Planetas

Previsões 2015 e 2016 por Hector Othon

Horoscopo semanal de Hector Othon

Sitio Lua Cheia




mural

Topic list: Capa.WebMensagem001, Capa.WebMensagem002, Capa.WebMensagem003, Capa.WebMensagem004, Capa.WebMensagem005, Capa.WebMensagem006, Capa.WebMensagem007, Capa.WebMensagem008
Number of Tips: 8
Random Number: 5
Web.Topic: Capa.WebMensagem005
Dot pos: 5
Web: Capa
Topic: WebMensagem005
Full URL:  

A magia está dentro de nós mesmos. Só a busca interior, nos faz entender os processos que retardam a nossa caminhada, para que possamos efetuar as transformações necessárias para seguirmos no "Caminho da Beleza" (veja mais)
Léo Artése



lojinha

Irmãos do Caminho - Textos

Neste canal, os artigos dos irmãos que Caminham na "Boa Estrada" do Xamanismo.

SEGMENTO DA ÁGUIA: BUSCANDO A VISÃO - Por Rogerio Mariani – Bari Meri

shaman@uninet.com.br

SPIRIT OF THE HEALER - O SÍMBOLO E SEU SAGRADO

O símbolo é utilizado para facilitar o acesso a um conjunto de informações específicas ; é definido por determinadas comunidades, sociedades e pessoas com o objetivo de síntese da informação.Podemos dar um exemplo utilizando a informática - Um conjunto de informações pode ser associado a um nome ou símbolo (código de acesso) para facilitar o acesso ao mesmo.

Este mesmo código de acesso pode ser usado por várias pessoas, porém com associação a informações diferentes. Então, concluímos que o código de acesso não é o conteúdo do arquivo; só facilita o acesso a ele.

Quando acessamos à Internet, com o objetivo de pesquisa, podemos verificar isto. A palavra-chave que colocamos acessa uma enorme quantidade de informações de gêneros e conteúdos diversos.

Os símbolos são interpretados de formas variadas de acordo com a intenção, nível de informação e egrégora de cada comunidade ou indivíduo. As associações entre o código de acesso ( forma ) e o conteúdo (essência ) são definidas pela visão ampla ou superficial e pelo nosso nível consciencial e de maturidade em relação ao símbolo. Continuando com exemplos: se abrirmos um dicionário, veremos a quantidade de sinônimos e de interpretações e variações que pode ter uma palavra.

Quando traduzimos uma palavra de outro idioma, de uma maneira literal, podemos causar grande confusão, pois só conhecendo bem as expressões de forma nativa e compreendendo bem o contexto e a intenção poderemos traduzir não só a palavra mais o conceito que ela representa. Pois, expressões, palavras, símbolos, etc. representam conceitos de pessoas, comunidades , nações e épocas. Podemos pela ignorância ou desinformação transformar todo o contexto do conceito, intenção ou informação, criando “não uma tradução, mais uma traição” e, em conseqüência, um prejuízo.

ATENÇÃO NAS TRADUÇÕES E INTERPRETAÇÕES!

Cada símbolo possui uma enorme variação de conceitos, conteúdo, intenção e maturidade. Ex.: Algumas comunidades Protestantes tem associado as imagens de santos ao bezerro de ouro e interpretam que as imagens dos santos católicos seriam obra do demônio.

Algumas comunidades Católicas associam as imagens dos santos a uma maneira de facilitar as orações e aproximar-se de Deus e conexão com o divino. Por outro lado, contestam imagens e símbolos sagrados de outras religiões.

Os africanos não adoravam santos, mais reverenciavam a pedra, o mar, o aço, etc. Caracterizavam a natureza como deidades vivas. Ao serem escravizados e trazidos para o Brasil, foram obrigados a cultuarem os santos católicos.Simplesmente, eles adaptaram as imagens de santo aos seus arquivos. Por exemplo, São Jorge virou Ogum, que representava a força do ferro. Eles não conheciam a história cristã do santo guerreiro mais conheciam a energia do ferro e as histórias de Ogum. Os africanos flexibilizaram a forma, sob pressão, mais conservaram a essência da sua tradição.

Já, na parapsicologia, uma das várias formas de analisarem as imagens sagradas e o seu poder é defini-las como objetos receptores de energia capazes de acumular energias conscienciais e distribuí-las através da receptividade dos crédulos,justificando, assim, os milagres associados às imagens ( símbolos ).Cada comunidade possui conceitos e informações que estão associadas a símbolos ou não.As interpretações dos símbolos podem ser respeitosas, construtivas e maduras,através de um amplo arquivo consciencial, ou desrespeitosas, imaturas e destrutivas, justificadas pela ignorância, identificação e um restrito e superficial arquivo consciencial de informações.

NÃO SOMOS OBRIGADOS A ACREDITAR NEM A UTILIZAR SÍMBOLOS DOS OUTROS!

MAIS SOMOS OBRIGADOS A RESPEITAR SEUS SÍMBOLOS E CONCEITOS!

Podemos então compreender que temos o livre arbítrio de interpretar um símbolo de acordo com nossas crenças, costumes, religiões ou simplesmente de uma forma analítica.

O que não temos o direito é de criticar, desrespeitar ou julgar os símbolos de outras pessoas e comunidades, pois estaríamos desrespeitando o espaço sagrado de alguém.

Coerência: não use símbolos com os quais não se afinisa ou aqueles que você questiona a representação de seu conteúdo, para não desrespeitar os símbolos sagrados de outras comunidades.

Estar inteiro em tudo que faça e procurar não julgar para não ser julgado sempre foi o caminho do bom senso daqueles que buscam crescer e evoluir através da sabedoria cósmica universal, compreendendo a montanha.

Substituir os símbolos que ainda não compreendemos por aqueles que compreendemos as vezes é uma boa opção.

O importante é manter a integridade dos conteúdos e compreende-los e aceita-los. O símbolo facilita aqueles que estão integrados e receptivos às egrégoras que eles representam. É necessário, porém, ter sentimento puro, sem idéias preconcebidas. Importante lembrar da tradução que pode se tornar uma traição ao sagrado de alguma comunidade (atenção nas interpretações dos símbolos.)

O símbolo pode ser um poderoso aliado para aqueles que estão integrados, fortalecendo-os e facilitando seu acesso ao conteúdo ( essência ) ( sabedoria).

OS SÍMBOLOS PESSOAIS REPRESENTAM AS INFORMAÇÕES QUE VOCÊ ACREDITA E INSERE TODOS OS DIAS EM SEU ARQUIVO. SEU CONTEÚDO VAI DEFINIR A FREQÜÊNCIA E EGRÉGORA QUE ELE VAI COMPARTILHAR . OS SÍMBOLOS COMUNITÁRIOS REPRESENTAM A TRADIÇÃO DE UM POVO.

ANIMAL DE PODER - ASSOCIADO AO :

RESGATE DO PODER PESSOAL - MOVIMENTO DE ENERGIA - MEDITAÇÃO - INTEGRAÇÃO - REALIZAÇÃO - CAPTAÇÃO - EXPRESSÃO - FLUIDEZ - AUTO-CURA - DEFESA ENERGÉTICA -HARMONIZAÇÃO - CRESCIMENTO - SUPERAÇÃO DE OBSTÁCULOS

  homepágina inicial  e-mail e-mail   e-mail